Adaptações

Filme: Com Amor, Simon, 2018

Sinopse: Aos 17 anos, Simon Spier (Nick Robinson) aparentemente leva uma vida comum, mas sofre por esconder um grande segredo: nunca revelou ser gay para sua família e amigos. E tudo fica mais complicado quando ele se apaixona por um dos colegas de escola, anônimo, com quem troca confidências diariamente via internet.

Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-250073/

 

Baseado no livro Simon Vs. A Agenda Homo Sapiens (que nas novas edições já virou Com Amor, Simon), Com Amor, Simon conta a história de Simon (Nick Robinson), um garoto de 17 anos, que ainda não saiu do armário, nem para a sua família, nem para seus amigos, um dia, ele começa a se corresponder virtualmente e anonimamente com outro aluno do seu colégio que também é gay e claro, acaba se apaixonando.

O livro faz parte de uma nova onda entre os romances Young Adult, que tem personagens LGBTs como protagonistas e é muito interessante que a obra tenha sido transformada em filme tão rápido (o livro é de 2015). O filme é relativamente fiel ao livro, houveram algumas mudanças, mas que não alteram de maneira nenhuma o produto final.

É muito fácil gostar dos personagens do filme, principalmente Simon, já que o filme é narrado em primeira pessoa e como no livro, nós ficamos sabendo boa parte dos pensamentos dele. Simon está na adolescência, uma fase cheia de dúvidas em questionamentos, que todos nós já passamos ou vamos passar um dia, então é muito fácil se reconhecer no que o filme mostra, independente da orientação sexual do protagonista.

2924584.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx

Uma coisa muito legal do filme é que ele não cai em estereotipos, os personagens gays são bem diferentes daquele personagem gay obrigatório que aparece em muitos filmes ou séries, o filme inclusive, faz piada com isso em uma cena, que é especialmente divertida. É muito legal ver um filme com personagens gays que parecem reais e que mostram que não existe um único jeito de ser gay. E o fato do protagonista ser gay já é um avanço, uma vez, que a não tão pouco atrás, cabia aos personagens LGBTs só o papel de coadjuvante.

A história não tem uma trama muito complexa, mas nem precisa, já que se trata de uma comedia romântica para adolescentes, e nesse quesito, o roteiro, assim como o livro, funciona bem, o telespectador de fato torce por Simon e pelo casal, e o filme é bem fofinho. Acredito que a coisa mais importante desse filme nem seja a história em si, mas sim o fato de se tratar de uma comedia romântica com protagonistas gays, e que é diferente de grande parte dos filmes LGBTs já produzidos, que ou se destinam a um público muito especifico ou terminam em tragédia. O fato de Com Amor, Simon ser um filme mainstream voltado para adolescentes, que trata desse assunto de uma maneira tão positiva já é incrível.

O filme tem muitas cenas de humor e algumas piadas que não funcionaram para mim, mas eu ouvi vários adolescentes gargalhando no cinema, o que me faz pensar que o filme funciona muito bem com o seu público alvo. Da mesma maneira, eu percebi que boa parte dos adolescentes na sala estavam torcendo e suspirando com a história de amor.

mgid_ao_image_logotv

Além do protagonista, o filme também fala das relações entre os amigos de Simon, então, de uma maneira geral, o filme pode falar com quase toda a audiência jovem, fazendo com quem praticamente todo mundo se reconheça em algum dos personagens.

Como todo filme adolescente, Com Amor, Simon tem uma trilha sonora bem legal e empolgante.

Uma coisa que no livro funciona melhor que no filme, mas por questão de mídia mesmo é a identidade do garoto que se corresponde com Simon, enquanto que no livro, nós ficamos sem ter qualquer idéia de quem é o garoto, embora Simon tenha suas suspeitas, no filme, toda vez que Simon desconfia de alguém, vemos cenas dessa pessoa escrevendo os emails, isso não prejudica o filme, mas tira um pouco do mistério, que perdura até o final do livro.

Com Amor, Simon pode não ter um plot extremamente bem pensado, mas é um filme (e livro) original, importante e necessário, que apresenta uma comedia romântica completamente diferente das que estamos acostumados e que está ai para representar uma minoria, que até pouco tempo atrás não tinha voz no cinema.

 

Título original: Love, Simon

Distribuição: Fox

Data de estreia: qui, 05/04/18

País: Estados Unidos

Gênero: Comédia dramática

Ano de produção: 2017

Direção: Greg Berlanti

Elenco: Nick Robinson, Katherine Langford. Alexandra Shipp

Fonte: http://www.filmeb.com.br/calendario-de-estreias/com-amor-simon

Crédito das imagens: http://www.allocine.fr/personne/fichepersonne-436891/photos/detail/?cmediafile=21488928

http://www.newnownext.com/clark-moore-love-simon/03/2018/

http://www.foxfilm.com.br/com-amor-simon

2 comentários em “Filme: Com Amor, Simon, 2018”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s