Listas, livros

10 Livros sobre as Lendas Arthurianas

Originalmente, uma lenda Galesa, as histórias do Rei Arthur e seus cavaleiros vivem no imaginário popular a séculos e já foram transformadas em filmes, quadrinhos e até musicais da Broadway. A historia é tão popular que uma nova versão foi lançada no cinema, em 2017.

As Lendas Arthurianas foram popularizadas por Godofredo de Monmouth, no livro Historias dos Reis Britânicos e se proliferaram na idade media. No final do século XIX, a lenda voltou a ser popular junto com o crescimento de Medievalismo e o Romantismo, mas a verdade, é que ela nunca parou de ser contada.

Muitos historiadores dizem inclusive, que Arthur existiu de verdade, talvez não da maneira como muita gente conhece, mas que ele liderou as defesas Britânicas contra as invasões saxônias nos séculos V e VI e ate hoje, tem gente que acredita que ele não só existiu, como ele também vai voltar assim que a Inglaterra precisar dele de novo.

Naturalmente, também existem milhares de livros sobre esse assunto e eu, como boa fã das Lendas Arthurianas, compro todos os que eu encontro por ai. Claro que eu não li todos os livros sobre esse assunto que existem no mundo (eu nem acho que isso seria possível), então essa lista é baseada nos livros que eu li.

Como eu já disse lá em cima, As histórias do Rei Arthur são lendas, então, existem milhões de versões, não quer dizer que nenhuma esta errada ou certa, na melhor das hipóteses, se ele existiu mesmo, existem as versões que estão mais perto da realidade.

1- As Brumas De Avalon, Marion Zimmer Bradley (1993): Esse foi o primeiro livro sobre as Lendas Arthurianas que eu li, naturalmente, é também a versão da lenda que eu gosto mais e esta na minha lista de livros favoritos. Diferente da maioria dos livros sobre o assunto, onde acompanhamos batalhas e as guerras, As Brumas de Avalon narra a história do Rei Arthur do ponto de vista das mulheres na vida dele: Sua mãe, Igraine, Sua tia, que também é a Senhora do Lago, Viviane, sua irmã, Morgana e sua esposa, Guinevere.

Um dos pontos altos do livro é justamente retratar essas mulheres como          personagens fortes e inteligentes, bem diferentes das donzelas indefesas que nos costumamos ver em romances de cavalaria e dar voz para essas personagens que são tão importantes quanto os personagens masculinos.

O livro também narra uma batalha entre as religiões antigas, como o paganismo, com o cristianismo, representada perfeitamente nas personagens da Morgana e da Guinevere.

A obra é divida em quatro tomos, que aqui no Brasil foram divididos em quatro livros.

2- O Único e Eterno Rei, T.H. White (1938): O Único e Eterno Rei, na verdade, é uma série de cinco livros, que narram a vida de Arthur desde a sua infância, ate a sua morte. Foi essa série que estabeleceu todos os elementos da história que nos conhecemos hoje, como a espada na pedra, a busca do Graal e a relação com o Merlin.

O primeiro livro dessa série, a Espada na Pedra, foi a inspiração para o roteiro de A Espada era a Lei, da Disney.

T.H. White é até hoje uma referencia quando o assunto são as Lendas Arthurianas.

Nessa série nos acompanhamos Arthur o tempo todo, inclusive enquanto ele esta estudando com o Merlin.Tecnicamente é um livro infantil, mas a leitura não é tão simples assim e algumas vezes é lenta, mas ainda é interessante.

3- As Crônicas de Artur, Bernard Cornwell (1995): Composto de três volumes, esse é a versão considerada mais historicamente correta. Cornwell, escreve ficções históricas, todas baseadas em muita pesquisa.

Nessa série, Artur não é um rei e nem é o protagonista. O protagonista é um órfão adotado por Merlin e  Artur é um general, os dois lutam juntos contra os saxões.

Apesar de ser ficção histórica, a leitura flui muito bem e o livro é muito bem escrito. Essa versão é a que menos me agrada, particularmente, mas eu li os livros em um piscar de olhos, porque mesmo assim, eles são interessantes.

Assim como nas Brumas de Avalon, esse livro também narra a disputa entre a religião Druida e o Cristianismo, mas diferente do primeiro, nesse nos acompanhamos mais cenas de guerras e batalhas.

4- Rei Arthur e os Cavaleiros da Tavola Redonda, Howard Pyle (1903): Esse é um livro mais antigo, escrito pelo ilustrador Howard Pyle, que também escreveu sobre outra lenda Britânica, Robin Hood, contemporâneo do Rei Arthur.

Justamente por ser um livro antigo, a linguagem é diferente e a leitura é um pouco mais difícil. Ele também é mais focado nas batalhas e nos feitos de Arthur. Tendo sido escrito por um ilustrador, naturalmente que o livro teria imagens, o que torna esse livro diferente dos outros da lista.

5- Rei Artur, Allan Massie (2003): Escrito como uma história sendo contada ao imperador do Sacro Império Romano, esse livro não só narra a história de Artur, como também conta sobre o período medieval.

6- The Returno f King Arthur, Debra N. Mancoff (1995): Neste livro composto de muitas ilustrações, a autora explora a revitalização do mito Arthuriano que se deu na era Vitoriana. O livro é composto de ilustrações, poemas e histórias infantis e a autora também nos explica o porque da lenda ter voltado a moda nesse período.

7- The Legends of King Arthur and His Knights, James Knowles (1860): A versão de James Knowles da lenda não é muito diferente da versão que nós conhecemos, mas é interessante e traz informações diferentes.

8- A Demanda do Santo Graal, Heitor Megale (1988): O único livro da lista escrito por um Brasileiro, A Demanda do Santo Graal é mais focado na busca dos cavaleiros da Tavola Redonda pelo Santo Graal, mas tem Arthur como plano de fundo. O autor, Heitor Megale é um estudioso no assunto.

9- Romances da Tavola Redonda, Chrétien de Troyes: Romances da Tavola Redonda é um livro antigo e por isso, a leitura pode ser um pouco difícil, mas o autor escreveu livros sobre diversos cavaleiros da Tavola Redonda como Lancelot e Percival.

10- 10+ Lendas, Margaret Simpson (2004): Divertido e acessível, esse livro conta a história de Arthur através de quadrinhos, ilustrações e piadinhas divertidas. Ótimo para crianças que não conhecem a lenda, mas também capaz de entreter adultos.

Bônus: Avalon High, Meg Cabot (2005): Avalon High é uma releitura das lendas Arthurianas, nele acompanhamos a história de Ellie, uma menina que começa a perceber diversas coincidências entre o seu dia dia na escola Avalon High com as lendas Arthurianas.

Divertido e de leitura rápida, o livro é escrito como um filme típico americano com atletas, chefes de torcidas e losers, com a diferença que tudo remete a história do Rei Arthur.

Crédito das imagens: http://www.bbc.co.uk/guides/zgryrdm

 

10 comentários em “10 Livros sobre as Lendas Arthurianas”

      1. É muito bom!! Li vários dela quando adolescente: As brumas, O incêndio de Tróia, A queda de Atlântida, A senhora de Avalon, A sacerdotisa de Avalon, A casa da floresta e A rainha da tempestade! 🙂
        Minha mãe e meu tio eram sócios do Círculo do Livro e agora os livros são meus kkkk 🙂 🙂
        Também li um bocado de Anne Rice nessa época!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s