Especial Stephen King, livros

Especial Stephen King: Carrie, a Estranha, 1974

Sinopse: Carrie, a Estranha narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente. Aos 16 anos, desajustada socialmente, Carrie prepara sua vingança contra todos os que a prejudicaram. A vendeta vem à tona de forma tão furiosa e amedrontadora que até hoje permanece como exemplo de uma das mais chocantes e inovadoras narrativas de terror de todos os tempos. Com tantos ingredientes de suspense, Carrie, a Estranha logo se transformou num enorme sucesso internacional e passou a integrar a mitologia americana. Ao ser transportado para as telas, em 1976, pelas mãos de Brian de Palma, teve a atriz Sissy Spacek e John Travolta em seus papéis principais.

Fonte: https://www.amazon.com.br/Carrie-Estranha-Stephen-King/dp/8581050360

 

Carrie White tem dezesseis anos e é uma desajustada social. Ela é solitária, alvo de zombarias na escola e tem uma mãe extremamente religiosa, que não permite que Carrie saia ou se vista do jeito que ela quer.

Quando Carrie tem sua menarca, enquanto toma banho no vestiário da escola, ela se desespera, pois não sabe o que está acontecendo com ela, e mais uma vez vira alvo de bullying das meninas da sua turma, que começam a jogar absorventes nela.

A professora de educação física, a única defensora de Carrie na escola, insiste que as meninas sejam punidas. Elas são forçadas a ficarem depois do horário fazendo exercícios físicos, mas Chris Hargensen, a garota mais popular da escola, resolve que não vai participar e assim, é proibida de ir ao baile.

 

MV5BOWMzYjc1MTctZGMwYS00MTY1LTg5MWUtMDk0MzU3NGRkYzgzXkEyXkFqcGdeQXVyNTg4MDc2NTQ@._V1_

Chris resolve, então, que vai se vingar de Carrie, ao mesmo tempo, Sue se arrepende do que fez e pede que seu namorado leve Carrie ao baile, o que ninguém sabe é que Carrie também tem poderes telecineticos.

Carrie, a Estranha é o primeiro livro publicado de Stephen King, e ele foi publicado em 1974. Originalmente, o livro tinha sido pensado como um conto e King não gostou do resultado, por isso, jogou o trabalho fora. Carrie, a Estranha foi recuperado por Tabitha King, a esposa de King, que achou que a história daria um bom romance.

A personagem Carrie é inspirada em duas meninas que King conheceu na escola, que também eram excluídas e usavam roupas fora de moda, e eram, portanto, alvos de bullying na escola.

29580

Bullying é, inclusive, um tema recorrente na obra de King. O escritor vem falando desse assunto, muito antes do termo ser inventado e em Carrie, a Estranha a protagonista é uma excluída, como nós veríamos depois em A Coisa, Christine e O Apanhador de Sonhos. Sempre é muito interessante ler um livro, aonde acompanhamos o personagem que é mais “fraco” e é essa a impressão que temos quando começamos a ler Carrie, a Estranha.

Carrie parece muito mais fraca que as meninas da sua turma, em muitos aspectos. Primeiro de tudo, ela é filha de uma mãe solteira, o que não era exatamente bem visto nos anos 70, a família de Carrie também não tem muito dinheiro, além disso, Margareth, a mãe de Carrie é uma mulher extremamente religiosa, que costuma colocar a menina dentro de um quartinho escuro, junto com uma imagem assustadora de Jesus. Carrie também usa roupas fora de moda, nada de maquiagem e parece viver fora desse mundo, tanto que nem sabe que mulheres menstruam. Tudo isso faz com que Carrie ande muda e de cabeça baixa pelos corredores da escola, torcendo para que ninguém a note.

Toda essa fragilidade no entanto, não é verdadeira, uma vez que Carrie tem um poder que ninguém na sua turma tem e portanto, ela tem muito mais força do que todos eles.

carrie de palma 1976

A literatura de King é toda baseada em monstros, sejam eles humanos ou sobrenaturais, mas em Carrie, a Estranha isso aparece de maneira diferente. O monstro do livro seria Carrie, uma vez que ela é a que tem poderes sobrenaturais, e em qualquer outro livro, ela séria uma ameaça aos outros, mas nesse caso, os outros alunos do colégio, sem nenhum poder sobrenatural é que são os verdadeiros monstros, que atormentaram Carrie, até o seu limite. Chris, que é descrita como uma menina bonita e que planeja toda a vingança contra Carrie é a verdadeira vilã do filme, embora todo o poder que ela tenha seja justamente sua beleza, sua sexualidade e seu poder de convencimento. Chris é uma menina bonita, com uma alma terrivelmente feia.

A verdade é que todos os personagens da história falham com Carrie, mesmo que suas intenções sejam boas. Chris trama sua vingança, seu namorado Billy e sua amiga, Norma aceitam participar, a professora, que antes ajudou Carrie, a convence a ir no baile, a escola ignora a violência que Carrie sofre e Sue, que arrependida quer que Carrie tenha sua primeira experiência adolescente normal, subestima Carrie, achando que já que ela não é capaz de arrumar ninguém para o baile, Sue deve ceder o seu namorado para isso. Tommy, o namorado de Sue, por sua vez, a pedido da namorada, finge gostar de Carrie para que ela aceita ir ao baile com ele. Embora nem Sue, nem Tommy saibam do que Chris está tramando, eles também a enganam.

É natural que o leitor fique do lado de Carrie enquanto lê o livro, mesmo que ela tenha a potencialidade de ser a vilã da história.

Carrie-2

Embora o livro tenha personagens masculinos, são as personagens femininas que movimentam a história. A primeira delas, claro, é Carrie, que é a razão de tudo acontecer na história, então, temos Margareth, que torna a situação de Carrie em casa impossível, depois Sue, que faz com que Carrie esteja no baile e Chris, que trama o plano contra Carrie. Os homens da história estão todos as disposições das mulheres e só se movimentam em função de pedidos delas: Tommy, que aceita levar Carrie no baile a pedido de Sue e Billy, que aceita ajudar Chris.

Outro assunto sobre o qual o livro trata é a sexualidade, especialmente das meninas. Carrie acabou de ter a sua primeira menstruação, o que geralmente é ligado ao começo da vida adulta, quando uma menina fica menstruada, a primeira coisa que se diz é que ela “virou mocinha”. Margareth diz em vários momentos que agora Carrie não é mais inocente, que o sangue veio porque a filha não é mais pura, que é esse também é o motivo de Tommy a ter convidado para o baile. Sue, por sua vez, acabou de perder a virgindade com Tommy e é justamente isso que ela usa para convence-lo a fazer o que ela quer. A mesma coisa acontece com Chris, que vem aceitando fazer tudo que Billy pede para ela.

Tanto Sue, quanto Chris percebem rapidamente o poder da sua sexualidade e como isso pode manipular os homens de suas vidas. Levando em conta que a história se passa nos anos 70, onde a mulher tinha muito menos voz do que tem hoje, para as duas meninas, esse parece o jeito mais fácil de fazer com que os seus desejos sejam realizados. Ou seja, Carrie, a Estranha fala de meninas se tornando mulheres.

MV5BOGFlZGU5MWItZTc0Yi00MjEyLThiMWYtZjYzMjEyYjc2M2ZhXkEyXkFqcGdeQXVyMzM4MjM0Nzg@._V1_

Segundo pesquisas cientificas, a telecinese, inclusive, normalmente é desenvolvida em meninas, em conflito com seu ciclo menstrual, o que deixa bem claro, que o evento que comumente é considerado um divisor de águas para as mulheres é um elemento bem importante na trama de King.

Carrie, a Estranha teve repercussão quase instantânea e fez de King um escritor famoso, em 1976, já foi adaptado para o cinema.

A primeira adaptação de Carrie, a Estranha para o cinema, foi dirigida por Brian De Palma, e é uma obra bem fiel ao livro, o próprio King aprovou o filme e disse que as mulheres do filme, tem inclusive mais força que as personagens que ele escreveu. No elenco, temos Sissy Spacek como Carrie, Piper Laurie como Margareth, Amy Irving como Sue e John Travolta como Billy. Em 1999, Carrie, a Estranha ganhou uma continuação com o nome de Carrie 2- A Maldição de Carrie. O filme não foi dirigido por De Palma só tem a participação de Amy Irving, do elenco original. Nesse filme, uma meia irmã de Carrie parece ter os mesmos poderes de Carrie e ser tão desajustada quanto ela.

É claro que um livro tão icônico como Carrie, a Estranha ganhou mais adaptações. A segunda adaptação é de 2002, feita para a televisão e foi pensado como um piloto de uma série, como não deu muita audiência, a produção se encerrou em dois episódios.

carrie-2013-kills-mother-julianne-moore-review

Essa versão não chega nem aos pés do filme de 76, mas tem Patrícia Clarkson no elenco, como Margareth.

Já em 2013, Carrie chegou mais uma vez aos cinemas, dessa vez com Chloë Grace Moretz no papel de Carrie, Julianne Moore no papel de Margareth e Ansel Elgort no papel de Tommy. Diferente do livro e do filme de 76, esse filme se passa nos anos 2010 e tenta falar também de bullying virtual, mas soa meio absurda que uma menina nos dias de hoje não saiba o que é uma menstruação e é bem mais infantil que o filme original, com um tom de filme adolescente americano.

Carrie, a Estranha também virou um musical em 1988. As influências do livro não param por ai: A cena mais famosa de Carrie, a Estranha foi reproduzida nas novelas Rainha da Sucata e Chocolate com Pimenta e na série Glee. Recentemente, um episodio inteiro de Riverdale, aonde o elenco cantou as músicas do musical, foi inspirado em Carrie, a Estranha.

Carrie_152207400_AZ_04593M._V322421384_RI_SX940_

A verdade é que a imagem de Carrie, seja a do livro, seja Sissy Spacek, seja Chloë Grace Moretz ou qualquer uma das referências posteriores, com seu vestido de baile, suja de sangue é uma que nunca mais saiu do imaginário popular.

Em sua romance de estréia, King mostra ao leitor uma incrível habilidade, e nos dá diversas personalidades femininas, que normalmente não teriam voz, em uma história assustadora sobre a maldade humana, mas também emocionante e triste.

 

Capa comum: 200 páginas

Editora: Editora Objetiva; Edição: 1 (1 de outubro de 2013)

Idioma: Português

ISBN-10: 8581050360

ISBN-13: 978-8581050362

Dimensões do produto: 22,8 x 15,6 x 1 cm

Peso de envio: 299 g

Fonte: https://www.amazon.com.br/Carrie-Estranha-Stephen-King/dp/8581050360

Crédito das imagens: https://www.imdb.com/title/tt0074285/mediaviewer/rm375849728

http://www.egypttoday.com/Article/4/30739/Today-in-history-horror-classic-“Carrie”-premieres

http://whysoblu.com/carrie-2002-the-rage-carrie-2-double-feature-blu-ray-review/

https://www.imdb.com/title/tt0319970/mediaindex

http://basementrejects.com/review/carrie-2013/

https://www.amazon.com/Carrie-Julianne-Moore/dp/B00GZ7M17C

https://www.skoob.com.br/carrie-a-estranha-1631ed2185.html

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s