Especial Stephen King, livros

Especial Stephen King: Quatro Estações, 1982

Sinopse: Em um profundo mergulho na natureza humana, revela medos, esperanças e impulsos. E explora todas as facetas do ser humano, desde seu mais puro desejo de ser livre à sua mais apavorante crueldade. O autor se distancia do sobrenatural e se lança no dia a dia de personagens comuns.

Fonte: https://www.amazon.com.br/Quatro-Esta%C3%A7%C3%B5es-Stephen-King/dp/8539003805

 

Quatro Estações é um livro de Stephen King composto por quatro contos, cada um deles representa uma estação do ano. Os contos presentes no livro são Primavera Eterna- Rita Hayworth e A Redenção de Shawshank, Verão da Corrupção- Aluno Inteligente, Outono da Inocência- O Corpo e Inverno no Clube- O Método Respiratório.

Para falar de Quatro Estações, achei melhor falar de cada conto separado.

 

Primavera Eterna- Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank: Andy Dufresne é condenado a prisão perpetua em Shawshank, embora ele diga que é inocente. Durante o tempo que passa preso, Andy consegue que lhe tragam pôsteres de atrizes da Hollywood antiga como Rita Hayworth e Marilyn Monroe e um pequeno martelo. Um dia, Andy simplesmente desaparece de sua cela, sem nenhuma explicação plausível.

um-sonho-de-liberdade01

Diferente de muitas obras de King, esse conto não tem elementos sobrenaturais, muito pelo contrario, o autor está mais preocupado em falar sobre a crueldade humana, que está mais do que explicita aqui: Andy não só descobre que a mulher o está traindo, mas também a perde, e é acusado pelo assassinato dela e do amante, mesmo sendo, aparentemente inocente. Ele é jogado em uma prisão, repleta de criminosos cruéis, aonde ele, a principio não tem uma chance de sequer, sobreviver.

O conto também fala sobre o sistema carcerário americano, aonde os guardas são corruptos e os prisioneiros cruéis, Andy sofre dos dois lados, quando não é humilhado, é abusado. Mas mais importante do que isso, Andy aprende a se virar.

Sendo um banqueiro, Andy se torna importante para a administração da prisão, pois passa a cuidar dos impostos e sua situação melhora.

um-sonho-de-liberdade02

Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank é uma história sobre superação. O conto tem características bem típicas das obras de King, como a idéia de colocar uma pessoa comum em uma situação diferente, o que acontece no conto, é que a situação diferente não é uma situação sobrenatural.

Por falar de seres humanos cometendo atrocidades, Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank é mais assustador do que muitos das histórias de King que tem fantasmas, vampiros ou qualquer outro elemento medonho.

Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank virou um dos filmes mais aclamados e mais queridos inspirados na obra de King: Um Sonho de Liberdade. Dirigido por Frank Darabont (que também dirigiu Á Espera de um Milagre e O Nevoeiro), o filme é extremamente fiel ao livro e consegue passar para a película a beleza que lemos no livro. No elenco estão Tim Robbins e Morgan Freeman.

um-sonho-de-liberdade03

 

Verão da Corrupção- Aluno Inteligente: Tod Bowden é um adolescente quieto e estranho, ele também tem uma obsessão nada saudável com o holocausto e o nazismo. Um dia, Tod descobre que seu vizinho, Arthur Denker é na verdade, Kurt Dussander, um criminoso de guerra nazista. Tod, então, passa a chantagear Kurt para que ele lhe conte detalhes sobre a guerra.

Mais uma vez é o elemento humano que aterroriza nesse conto e nesse caso, fica até difícil saber qual. De um lado temos Tod, um jovem que é claramente psicopata e do outro, Kurt, um nazista que se disfarça no semblante de um velhinho simpático.

O conto não só nos alerta sobre o absurdo que foi a segunda guerra mundial, como também do perigo que é idolatrar esse tipo de pratica nos dias de hoje, uma vez que em muitos momentos, Tod parece tão, ou até mais, fanático que Kurt.

o-aprendiz01

Outra coisa que King faz com maestria nesse conto é inverter a noção do leitor, afinal, o natural seria que condenássemos Kurt, mas conforme vamos lendo, não é difícil se penalizar do homem, que está nas mãos de Tod. O garoto força o senhor a contar detalhes e em uma cena medonha, a se vestir com seu antigo uniforme e marchar.

Dos contos presente em Quatro Estações, Aluno Inteligente é provavelmente o mais assustador, porque fala de situações que realmente aconteceram e de pessoas que, ainda nos dias de hoje, pensam da mesma maneira que Tod. Um personagem como Tod, que idealiza praticas de autoritarismo, infelizmente, não está tão longe de nós.

Aluno Inteligente virou o filme O Aprendiz, com Ian McKellen e que embora seja relativamente fiel ao conto, não é muito famoso.

o-aprendiz02

 

Outono da Inocência- O Corpo: Depois de ouvirem sobre o desaparecimento de um menino da região, os amigos Gordie, Chris, Vern e Teddy resolvem sair em busca do menino. No meio do caminho, os amigos vão enfrentar diversas adversidades e também fortalecer o laço que existe entre eles.

O Corpo é provavelmente o conto mais conhecido do livro, uma vez que ele inspirou o filme Conta Comigo, que passava sempre na sessão da tarde e está bem longe de ser uma obra de terror.

O Corpo tem tudo que é comum nas obras de King: cidades pequenas, grupo de amigos excluídos, bullying e adultos que não compreendem as crianças. Em muitos aspectos, O Corpo é quase um prólogo para A Coisa.

MSDSTBY EC033

Gordie, o protagonista é um garoto tímido e delicado, que gosta de escrever e que perdeu o irmão mais velho no último verão. Seus pais o ignoram em casa e ele só se sente bem recebido entre os amigos. Chris é o valentão da turma, e a cidade inteira tem medo dele, ele vem de uma família de criminosos, por isso, a professora não pensa nem duas vezes antes de acusa-lo de ter roubado um dinheiro que sumiu na escola. Seu pai e irmão mais velho, são violentos. Vern é o gordinho da turma e por isso, sofre bullying, inclusive dos amigos, seus irmãos mais velhos também não o deixam em paz, já Teddy, parece o mais perturbado dos quatro, quando ele era mais novo, seu pai que sofria de estresse traumático pós-guerra queimou suas duas orelhas no forno e foi internado em um hospício, mesmo assim, Teddy defende seu pai com unhas e dentes.

Todos os personagens são desajustados, que são ignorados e abusados pelos adultos responsáveis por eles. Mais uma vez, o que assusta em O Corpo é justamente a indiferença dos adultos.

O Corpo fala sobre amizade e acima de tudo, sobre a perda da inocência e sobre crescer.

conta-comigo02

O conto é narrado por Gordie, agora já adulto e um escritor de sucesso, e por isso, o texto inteiro tem um tom de nostalgia, que salta das paginas e chega ao leitor. Muito mais do que uma história sobre um garoto desaparecido, O Corpo é uma história linda sobre amizade e compreensão.

Como dito lá em cima, O Corpo virou o filme Conta Comigo em 1986, o filme é extremamente fiel ao livro e no elenco tem vários atores que se tornaram famosos depois do filme, como River Phoenix (como Chris), Jerry O’Connell (como Vern), Kiefer Sutherland, Richard Dreyfuss e John Cusack.

 

Inverno Clube- O Método Respiratório: Um grupo de amigos se reúne para contar histórias assustadoras, na noite de natal, um obstetra conta sobre o parto de uma jovem mãe solteira que ele realizou nos anos 30. Muitas coisas eram diferentes dos dias de hoje, inclusive o método respiratório que se usava na hora do parto, mas a conclusão dos acontecimentos que o autor nos apresenta, certamente não era uma delas.

Se O Corpo é o conto mais famoso de Quatro Estações,  O Método Respiratório é o menos conhecido, talvez porque seja o único conto do livro que não virou filme.

O Método Respiratório também é o conto mais sem graça da coletânea, não que ele seja ruim, longe disso, é que os outros três são bem mais interessantes. Esse é o único conto do livro que tem uma resolução não exatamente sobrenatural, mas consideravelmente mais absurda que os outros e por isso, é o que está mais próximo dos outros trabalhos de King.

O conto tem seus pontos positivos, como o suspense que ronda todas as suas paginas, e a capacidade de deixar o leitor extremamente ansioso para saber a finalização da história.

O Método Respiratório é o conto mais curto do livro.

 

É possível fazer diversas relações entre os contos escolhidos para estarem em Quatro Estações, não só cada um deles representa e se passa em uma estação do ano, mas também são contos relativamente longos (ou novelas), que não seriam publicados sozinhos, mas que ficariam muito fora de contexto, se publicados em outra coletânea de contos, mas o ponto mais importante é que nenhum desses contos tem criaturas sobrenaturais, ou clássicas do terror, o monstro em cada um dessas histórias é o ser humano no seu pior estado.

Quatro Estações é uma coletânea de contos de King, que difere de boa parte de seu trabalho, mas que nos mostra sua variedade como escritor fora do nicho do terror.

 

Capa comum: 418 páginas

Editora: Ponto de Leitura; Edição: Edição de bolso (4 de janeiro de 2013)

Idioma: Português

ISBN-10: 8539003805

ISBN-13: 978-8539003808

Dimensões do produto: 17 x 12,2 x 3,6 cm

Peso de envio: 522 g

Fonte: https://www.amazon.com.br/Quatro-Esta%C3%A7%C3%B5es-Stephen-King/dp/8539003805

 

3 comentários em “Especial Stephen King: Quatro Estações, 1982”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s