Especial Stephen King, livros

Especial Stephen King: À Espera de um Milagre, 1996

Sinopse: Uma trama de mistério e terror, ambientada nos anos 1930, em plena depressão americana, num cenário de desespero e sufoco: a penitenciária de Cold Mountain.

Stephen King foi buscar no lado mais sombrio de sua imaginação a história assombrosa de John Coffey, condenado à morte, e seu encontro fatal com o carcereiro Paul Edgecombe.

Originalmente publicado em seis partes, com o título de “O Corredor da Morte”, o romance é agora lançado em volume único: “À Espera de um Milagre”.Nas telas, o diretor Frank Darabont recria a história magistral de King, com Tom Hanks interpretando o guarda Edgecombe.

Inspirado em Dickens e na emoção que sentia quando, menino, com o irmão David e a mãe, liam em voz alta histórias em episódios, Stephen King escreveu seu romance seriado. À medida que cada parte ia sendo lançada, deixando o público em crescente expectativa, o escritor recolhia impressões de seus “fiéis leitores”, modificando o rumo da história.

Assim compôs esta narrativa impressionante sobre o período em que os detentos no corredor da morte aguardam o desfecho de suas vidas no colo da “Velha Fagulha” ou “Carga Pesada” –como eles chamam a cadeira elétrica, na esperança de assim, com essa pretensa piada, diminuir o pavor da execução.

Muitos criminosos o guarda Edgecombe conduziu à morte –exatamente 78 homens. Mas John Coffey, acusado de ter assassinado brutalmente duas meninas, era diferente.

Havia algo em Coffey que não combinava com a imagem de demônio, algo que fazia Edgecombe suspeitar que talvez fosse outra a história. O grande mestre do terror vai conduzindo o leitor, junto com seus personagens, pelo longo e tenebroso corredor da morte. Uma viagem aterradora, que só poderia ter resultado da mente perturbadora e excepcional de Stephen King.

Fonte: https://www.amazon.com.br/Espera-Um-Milagre-Stephen-King/dp/8581050379

 

 

Paul Edgecomb é um policial dedicado e decente que trabalha no corredor da morte da penitenciária Cold Moutain, lá ele convive com o pior tipo de criminosos, entre eles, estão Del Delacroix, um assassino estuprador e Wild Bill (como os guardas o chamam), um assassino em série.

Então, em 1932, Cold Moutain recebe John Coffey, um homem negro, forte e com mais de dois metros de altura, que foi acusado de estuprar e matar duas garotinhas brancas, depois que ele foi encontrado chorando ao lado dos corpos.

Coffey é diferente de todos os outros presos, primeiro porque embora ele seja um homem enorme, sua mente parece a de uma criança, segundo, porque diferente de Del e Bill, que são debochados e fazem de tudo para atrapalhar a vida dos guardas, Coffey só parece querer ajudar os seus algozes.

a-espera-de-um-milagre01

Ao longo do livro, Paul também percebe que Coffey tem poderes sobrenaturais, que são capazes de curar pessoas, ele inclusive, cura a infecção urinaria recorrente que atormenta Paul a anos.

Embora o livro tenha sido pensado como uma minissérie dividida em seis partes, hoje em dia, é muito mais fácil encontrar a versão na integra, mas a ideia original de King era que o livro fosse lido em partes, um capitulo por semana, como se faziam antigamente, com os folhetins.

O livro é narrado em primeira pessoa por Paul, agora já idoso e morador de uma casa de repouso, que relembra tudo que aconteceu no corredor da morte. O fato da história se passar no corredor da morte já é assustador, embora Á Espera de um Milagre não seja exatamente um livro de terror.

a-espera-de-um-milagre02

Se parte da ideia de que os personagens que vamos ver representam o pior da sociedade e é em parte o que acontece: Del e Bill são de fato criminosos, que fizeram coisas terríveis, e que continuam fazendo de tudo para irritar e prejudicar os guardas, mas King nos dá um contraste a isso, na figura de John Coffey, que é o exato oposto dos outros prisioneiros e é possivelmente inocente.

E se nós acompanhos um grupo de guardas competentes e que trata os prisioneiros relativamente bem, nós também temos a oposição na equipe: Percy Wetmore, que é um guarda sádico e incompetente, mas que se mantem no trabalho porque tem parentes importantes.

King nos dá toda essa dicotomia entre os personagens: temos prisioneiros bons e prisioneiros ruins e o mesmo acontece com os guardas.

a-espera-de-um-milagre03

O livro em diversos momentos questiona se Percy não é tão mal quanto os homens que estão presos, a única diferença entre eles é que Percy está “do lado certo” da lei.

A figura de John Coffey é por si só uma dicotomia, ele é descrito como tendo mais de dois metros de altura e sendo extremamente forte, mas seu comportamento é igual ao de uma criança e ele não utiliza sua força e seu tamanho em momento algum, muito pelo contrario, Coffey é gentil e quase delicado.

Um tema que é recorrente na obra de King também aparece em Á Espera de um Milagre, mais uma vez, o detentor do poder sobrenatural, que deveria ser o “monstro” é o salvador e as pessoas “normais”, sejam os outros presos, seja Percy, são os verdadeiros monstros. No caso de Coffey, o autor dá até uma profundidade mais complexa, a alusão a figura de Jesus é clara.

a-espera-de-um-milagre04

Coffey é um homem santo, com poderes extraordinários, capaz de curar pessoas e até traze-las de volta a vida, que só quer fazer o bem, mas as pessoas não conseguem compreende-lo e ele acaba preso e condenado a morte, mesmo sendo inocente.

Outro ponto importante do livro é o racismo, Coffey, um homem negro é acusado de matar duas garotinhas brancas, e em momento nenhum, as pessoas acham que ele pode ser inocente, afinal, ele é um homem negro, que tinha acesso as meninas. Enquanto todos estavam ocupados em prender Coffey, o homem que de fato cometeu o crime, escapou sem que ninguém nem visse, porque provavelmente, ele não era um alvo tão fácil quanto Coffey.

Á Espera de um Milagre se passa em um corredor da morte, que é provavelmente um dos lugares mais tristes para se estar, todos os homens que estão ali, independente do que fizeram, sabem que vão morrer e que aqueles serão seus últimos dias. Longe de ser um terror, com monstros e cenas assustadoras, Á Espera de um Milagre é um livro lindo, capaz de levar qualquer pessoa as lagrimas e que nos fala sobre aparências, primeiras impressões e como muitas vezes, julgamos uma pessoa antes de conhece-la.

a-espera-de-um-milagre05

O livro ganhou o Bram Stoker Award de melhor romance em 1996 e foi transformado em filme em 2000, por Frank Darabont.

O filme é muito parecido com o livro e conta com um elenco bem grande e bem famoso, como Tom Hanks (como Paul), Michael Clarke Duncan (que parece feito para o papel de Coffey), Sam Rockwell (como Bill), David Morse, Bonnie Hunt, Patricia Clarkson, Harry Dean Stanton e Gary Sinise. Á Espera de um Milagre é mais um daqueles casos de filme que ninguém acredita que é baseado em uma obra de Stephen King, porque é tudo menos um filme de terror.

Emocionante e maravilhosamente escrito, Á Espera de um Milagre abandona quase que completamente o terror, mas entrega ao leitor uma das histórias mais bonitas com a qual ele vai entrar em contato.

 

Capa comum: 400 páginas

Editora: Suma de Letras; Edição: 1 (2 de maio de 2013)

Idioma: Português

ISBN-10: 8581050379

ISBN-13: 978-8581050379

Dimensões do produto: 22,8 x 15,6 x 2,4 cm

Peso de envio: 621 g

Fonte: https://www.amazon.com.br/Espera-Um-Milagre-Stephen-King/dp/8581050379

Crédito das imagens:

https://www.radiotimes.com/film/fkhs5h/the-green-mile/

http://mentalfloss.com/article/64014/15-things-you-might-not-know-about-green-mile

https://ew.com/article/2016/03/28/green-mile-20th-anniversary/

http://fromsarahwithjoy.blogspot.com/2014/10/5-traits-of-seriously-despicable.html

http://zh.fanpop.com/clubs/the-green-mile/images/20526588/title/eduard-delacroix-screencap

https://www.skoob.com.br/a-espera-de-um-milagre-936ed1228.html

 

3 comentários em “Especial Stephen King: À Espera de um Milagre, 1996”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s