livros

B. B. King- Uma Vida de Blues, B. B. King e David Ritz

“As palavras não são minhas amigas. A musica é. Sons, notas, ritmos. Eu falo por meio da música.”

Sinopse: B. B. King tem o blues correndo por suas veias. Ele cresceu na parte rural pobre do Delta do Mississipi e teve seu primeiro contato com o blues aos 9 anos, quando sua mãe faleceu. Tornou-se o homem responsável pela família e usou esse desafio como fonte de inspiração e se lançou na carreira musical mais celebrada na história dos Estados Unidos. B. B. King tem uma notável trajetória e esta autobiografia retrata em detalhes o turbilhão de aventuras que passou, desde a década de 1940 em Memphis até a década de 1990 em Moscou. Mas acima de tudo, a história de B. B. King é a história do blues – da evolução do country acústico para o elétrico urbano ao nascimento e explosão do rock ‘n’ roll – e do triunfo do Rei do Blues através da sua caminhada pelo sucesso para manter inabalável a verdadeira música que ritmava seu coração.

Fonte: https://www.amazon.com.br/King-Uma-Vida-Blues-Autobiografia/dp/8563993755

B. King foi um dos maiores cantores de blues do mundo, mesmo depois de sua morte, seu nome ainda é grande, mas mesmo assim, pouco se fala sobre ele e sua carreira. No livro B.B. King- Uma Vida de Blues, escrito pelo próprio ficamos sabendo mais detalhes sobre a vida do músico.

O livro acompanha a infância de B.B., e a pobreza extrema em que ele vivia, ao lado da mãe da avó, seu pai era ausente e muitas vezes, o garoto passava fome. A vida dele muda significantemente quando a mãe a avó morrem em um intervalo curto de tempo, deixando B.B. ainda criança completamente sozinho no mundo.

B.B. então, começa a vagar de casa em casa, aonde algumas vezes as pessoas lhe oferecem um prato de comida, até que ele encontra um emprego em uma fazenda. Mais tarde, ele larga o emprego para ir finalmente atrás do pai.

O livro também fala sobre o começo da sua carreira e as dificuldades que ele enfrentou e claro, por fim, o leitor fica sabendo mais sobre o período em que ele ficou famoso.

B.B. King- Uma Vida de Blues é escrito pelo próprio B.B., por isso não espere uma obra repleta de poesia, é como se você estivesse ouvindo o músico te contar uma história, mas é justamente isso que torna o livro interessante.

A leitura é fácil, porque a escrita é simples e a história de vida de B.B. é extremamente interessante, mas o que mais chama atenção no livro é fato de que conhecemos a história desse grande músico através das suas lembranças e das suas próprias palavras.

O livro trata de muitos temas difíceis, como a extrema pobreza a qual B.B. era submetido quando criança, a fome, a morte e claro, o racismo que era considerado um comportamento normal naquela época, B.B. fala quase com naturalidade sobre os bares de brancos e os bares de negros e sobre ter que sentar em partes diferentes do ônibus do que os brancos, mas também fala de coisas boas, como a fama, a riqueza e tudo que adveio disso.

B.B. sempre faz alusão a música como algo que o salvou de tudo de ruim que lhe aconteceu, seja a música que ele ouviu, seja a que ele compunha, então, o livro não deixa de ser um ode a uma arte que foi capaz de manter B.B. vivo e acreditando nos seus sonhos. Qualquer pessoa que produz arte, não importa de que tipo, pode se reconhecer facilmente com isso.

Outra parte interessante do livro é quando B.B. fala sobre a chegada do Rock and Roll, que acabou varrendo o publico de todos os estilos de músicas que existiam na época, ele mesmo diz que o novo gênero não atrapalhou tanto sua carreira, uma vez que como cantor de Blues ele nunca teve um público grandioso e com muita freqüência sofria preconceito de músicos de outros gêneros, considerados “melhores”.

Claro que B.B. não é aberto a todos os assuntos, as mulheres da sua vida, por exemplo, são um tema que ele parece relutante em falar. Ele fala muito sobre sua primeira esposa, e depois comenta que teve quinze filhos com diversas mulheres diferentes, mas ele não dá mais detalhes sobre elas e nem fala muito sobre infidelidade ou sobre a facilidade que os músicos geralmente têm para arrumarem mulheres, especialmente quando estão em turnê.

Acima de tudo, B.B. King- Uma Vida de Blues é uma história de superação, que deve servir de exemplo para qualquer artista que luta para ter sua arte reconhecida e para viver disso.

A edição é da Editora Évora e conta com boa diagramação e com diversas fotos de B.B. King no final.

B.B. King- Uma Vida de Blues narra a história de vida de um dos maiores músicos de Blues do mundo e aproveita para falar sobre miséria, solidão, racismo e claro, amor a música.

Capa comum: 264 páginas

Editora: Generale; Edição: 1ª (2 de setembro de 2013)

Idioma: Português

ISBN-10: 8563993755

ISBN-13: 978-8563993755

Dimensões do produto: 23 x 15,6 x 2 cm

Peso de envio: 381 g

Fonte: https://www.amazon.com.br/King-Uma-Vida-Blues-Autobiografia/dp/8563993755

Crédito da imagem: Fernanda Cavalcanti

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s