livros

O Reverso da Medalha, Sidney Sheldon

Sinopse: O reverso da medalha é um implacável jogo pelo poder, e Kate só joga para ganhar. O mestre Sidney Sheldon constrói mais uma saga emocionante, marcada pelo mesmo estilo que cativou milhões de leitores em todo o mundo e fez dele o mais popular escritor norte-americano

Kate Blackwell é símbolo do sucesso, uma linda mulher que transformou sua herança em império internacional – uma personalidade misteriosa, envolta por milhares de perguntas sem respostas. Detentora de uma posição de destaque entre os poderosos ela é uma sobrevivente, assim como foi seu incansável pai, que arriscou a própria vida para extrair uma fortuna em diamantes da inóspita África do Sul.

Agora, ao comemorar 90 anos, Kate analisa a família que manipulou, dominou e amou: o belo e o grotesco, a serenidade e a loucura, a bondade e a maldade – todas as suas conquistas ao longo da vida. E na extravagante celebração, os fantasmas de Kate a rondam, fantasmas de amigos e inimigos. Lembranças de uma vida de chantagens e assassinatos. Fantasmas de um império fundamentado em pura ambição.

Fonte: https://www.amazon.com.br/reverso-medalha-Sidney-Sheldon/dp/8501094005

Explicar o enredo de O Reverso da Medalha é um tanto quanto complicado, uma vez que o livro tem tantos personagens e subtramas e que percorre a saga de diversas gerações de uma família só.

O primeiro personagem que conhecemos é Jamie McGregor, um jovem escocês que parte para a Africa do Sul em busca de diamantes, chegando lá ele faz um acordo com um rico lojista, que o passa para trás e tenta mata-lo, Jamie então, decide se vingar, seduzindo e engravidando a filha dele, Margareth. Os dois acabam forçados em um casamento aonde o amor existe só da parte de Margareth, mas mesmo assim tem mais uma filha: Kate.

A segunda parte do livro então, acompanha Kate que herda a empresa de seu pai e que cuida da sua vida pessoal com as mesmas mãos de ferro que toca a empresa. Ela é apaixonada por David Blackwell, um dos empregados da empresa, que não demonstra o mesmo tipo de sentimento em relação a ela, quando ele conta a ela que vai se casar com outra mulher, Kate usa de seu dinheiro e de seu prestigio para afastar todos do caminho de David, fazendo com que ele a acabe escolhendo como esposa.

Os dois tem um filho, que é o protagonista da terceira parte do livro. Tony é um menino inteligente e sensível, que sonha em ser pintor. Esse sonho não corresponde em nada com a ideia que a mãe tem para a vida dele, já que ela quer que ele assuma a empresa, mesmo assim, ele a convence a deixa-lo estudar artes em Paris, aonde ele se apaixona pela primeira vez e tem a chance de expor seu trabalho em uma galeria, Kate não satisfeita, manipula a vida do filho para que ele desista da carreira de pintor e assuma a empresa. Ele assim o faz e logo se casa e tem duas filhas gêmeas: Eve e Alexandra.

Por fim, a quarta parte do livro é focada nas gêmeas, que embora sejam idênticas tem personalidades completamente diferentes. Enquanto Alexandra é boa e estudiosa, Eve é malvada e ardilosa. Sentindo uma profunda inveja da irmã, Eve faz de tudo para prejudica-la, inclusive atenta contra a vida de Alexandra, então, ela vê a chance perfeita quando conhece um jovem grego, com fortes tendências sádicas que aceita dar um golpe em Alexandra.

O Reverso da Medalha é o terceiro livro do Sidney Sheldon que eu leio (os outros foram O Outro Lado da Meia Noite e Nada Dura Para Sempre) e é muito fácil perceber a semelhança entre os seus livros. Todos eles narram grandes histórias, com diversos personagens e tramas rocambolescas.

A diferença de O Reverso da Medalha para os outros livros é que ele conta basicamente a história de uma família e eventualmente de pessoas que se envolvem com eles. As tramas do livro são dignas do programa Casos de Família, mas também lembram um pouco o estilo de Nelson Rodrigues, parece que o lema de Sheldon é: Nada é ruim o suficiente que não pode piorar. Então, durante as 592 páginas, acompanhamos todas as tragédias que acontecem com a família McGregor/Blackwell e com todas as pessoas que se aproximam deles.

Uma coisa que Sheldon faz muito bem é criar personagens que não são planos, os personagens tem diversas camadas, por exemplo, quando começamos a acompanhar a história de Jamie, acreditamos que ele é o típico herói perfeito, então, ele passa por uma experiencia extremamente traumática de traição e quase morte, e volta querendo vingança. Eu tive que ler mais de uma vez para acreditar que a vingança dele envolvia seduzir e engravidar a filha do homem que o traiu, porque essa é uma atitude extremamente vil, que não parecia fazer sentido dentro do estereótipo que eu achei que Jamie se encaixava.

O personagem também sofre uma mudança brusca do jovem sonhador que quer enriquecer, para o homem que quer vingança e posteriormente, está preso em um casamento com a moça que ele seduziu, ele a ignora e a trai constantemente com prostitutas.

O mesmo acontece com a filha do casal, que no começo, parece uma jovem gentil e bondosa, mas que se mostra disposta a manipular David para que ela a tome como esposa e mais tarde, a manipular a vida inteira de Tony, para que ele tenha a vida que ela deseja.

A única personagem que é descrita como má desde o começo do livro é Eve, que está ali para bater de frente com sua avó, Kate.

Mesmo assim, não é porque as mulheres do livro são em sua maioria, manipuladoras que o livro não tem personagens femininas interessantes, muito pelo contrário, eu diria que as personagens femininas são bem mais interessantes que os personagens masculinos. Margareth, por exemplo que no começo é apenas uma mocinha inocente que se vê seduzida e “desonrada” por Jamie, logo mais se torna uma mulher que aprende a se virar sozinha, Kate, que aprende desde cedo a cuidar da empresa da família e de si mesma, é responsável por aumentar a fortuna da família a números exorbitantes, mesmo que não necessariamente por meios legais e Eve, que é malvada, também é engenhosa e não só trama diversos planos contra a irmã, como também é a mente por trás da tramoia mais cruel do livro todo. Todos os homens da história são basicamente joguetes nas mãos das mulheres, mesmo Jamie, que começa o jogo por cima, logo se vê preso nas tramas de Margareth e o sedutor grego, que é o verdadeiro vilão da história e que é violento e cruel, se torna só uma peça nas mãos de Eve, mesmo que isso custe a Eve.

As expressões referentes a jogos caem de maneira perfeita na descrição do livro, já que o titulo original do livro é Master Of The Game (Mestre do Jogo, em tradução literal) e isso que o livro apresenta ao leitor: tramoias, planos, blefes e jogadas para que um se sobreponha a vontade do outro.

A leitora do livro é extremamente fácil e interessante, então, embora o livro seja razoavelmente grande a leitura é bem rápida.

Embora o livro fala de muitas tragédias, e tenha cenas pesadíssimas, O Reverso da Medalha é uma boa diversão, que é capaz de entreter o leitor do começo ao fim.

Capa comum: 592 páginas

Editora: Record; Edição: 45 (30 de agosto de 2011)

Idioma: Português

ISBN-10: 8501094005

ISBN-13: 978-8501094001

Dimensões do produto: 20,8 x 13,4 x 4 cm

Peso de envio: 621 g

Fonte: https://www.amazon.com.br/reverso-medalha-Sidney-Sheldon/dp/8501094005

Crédito das imagens: https://www.skoob.com.br/o-reverso-da-medalha-1479ed1992.html

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s