livros

Fangirl, Rainbow Rowell

“Eram só histórias, mas histórias não eram só histórias”

 Cath está prestes a começar seu primeiro ano de faculdade, para isso ela se muda para o dormitório da universidade, que ela vai dividir com Reagen. Essa também é a primeira vez que Cath vai se separar de sua irmã gêmea Wren, que parece estar querendo novas experiências.

Cath também é muito fã da série de livros de Simon Snow, ela até escreve uma fanfic sobre isso. Agora na faculdade, ela se vê enfrentando diariamente situações diferentes e completamente fora da sua zona de conforto.

Existem diversos elementos interessantes em Fangirl, o primeiro de tudo é a protagonista. Cath é descrita como uma garota extremamente inteligente, e que quer ser escritora, mas por outro lado, ela é muito tímida e sofre de ansiedade. Quando Cath tem a irmã do lado, ela se sente bem mais segura, porque as duas se completam e passaram a vida toda juntas. Wren, a irmã de Cath também é muito mais segura que Cath.

No primeiro ano de faculdade das duas, no entanto, Wren parece que quer se manter o mais longe de Cath possível, o que automaticamente obriga Cath a se virar sozinha no campus.

A construção da personagem de Cath é muito bem feita, a autora conseguiu colocar no papel como é ser uma pessoa ansiosa, Cath passa boa parte do dia preocupada com o que nem aconteceu. Outro ponto interessante da personalidade de Cath é que embora ela escreva e publique uma fanfic que é lida por muita gente, ela simplesmente não consegue escrever qualquer coisa com personagens originais, em determinado momento do livro, ela inclusive acha que não é capaz disso. Isso também é uma ótima forma de mostrar o quanto Cath é insegura, já que ela não acredita no seu próprio trabalho, embora outras pessoas acreditem.

Outro ponto legal é justamente a fanfic que Cath escreve. Ela se passa no mundo de Simon Snow, uma série de livros extremante popular que Cath e Wren sempre adoraram. Simon Snow nada mais é do que uma versão de Harry Potter e a ideia de pessoas que escrevem fanfic sobre isso é muito realista e muito moderna, certamente não existe nenhum outro livro que seja tema de fanfic com mais freqüência do que a série Harry Potter. Cath especificamente gosta de escrever fanfics aonde os personagens mantém relacionamentos homossexuais entre si, algo muito comum no fandom de Harry Potter.

Não existe nenhum problema no fato de Cath escrever fanfics, mas existe no fato dela usar as fanfics que escreve e o seu amor pelos livros de Simon Snow para se esconder do mundo real, Cath vive em um mundo de fantasia, enquanto evita viver sua própria vida, porque tem medo de se machucar.

É muito legal a autora tratar de um tema que é moderno e que é, próximo dos seus leitores, o livro é voltado para o público adolescente, que é fã de Harry Potter e é familiarizado com o mundo das fanfics. Mais legal ainda é a autora usar esse mundo para falar de temas que são sérios, como a ansiedade, a timidez exagerada, o medo da vida e o medo de crescer.

Naturalmente que o livro também fala de romance, e em determinados momentos, ele até ensaia um triangulo amoroso, mas a resolução disso, é de certa maneira surpreendente, o que eu achei interessante e diferente. O romance do livro não é o que o leitor fica esperando.

Existe muito preconceito em relação a esse gênero de livro, ele é muitas vezes considerado um livro menor, por ser voltado para adolescentes ou por ser chick lit, mas a verdade é que Fangirl trata de uma grande diversidade de temas, que não são nem um  pouco fúteis. Além dos temas que circundam a protagonista, o livro fala sobre alcoolismo, relação familiar, problemas na faculdade, busca da identidade, assexualidade e sobre a dificuldade de balancear todos os aspectos da sua vida.

O livro é sim, bem escrito e a leitura é rápida, em muitos aspectos ele me lembrou os livros da Meg Cabot, que também tem protagonistas femininas, triângulos amorosos e rapazes bonzinhos e eu me diverti bastante enquanto eu lia. Fangirl alterna momentos da vida de Cath com trechos ou dos livros de Sinon Snow ou das fanfics que Cath escreve.

Eu confesso que eu não gostei muito das partes que são de Simon Snow, mas fiquei bem interessada na história de Cath, embora, o romance do livro tenha, em determinado momento, me irritado um pouco.

De uma certa maneira, Fangirl é uma grande homenagem a todo mundo que gosta de ler e escrever e que gosta de histórias de ficção, por isso, é muito fácil se reconhecer em Cath, especialmente se a pessoa que está lendo é uma leitora constante.

Fangirl é um livro que embora pareça tratar de temas fúteis, vai fundo em aspectos importantes, além disso, ele apresenta uma história divertida e que está, de certa maneira, próxima de nós.

Capa comum: 424 páginas

Editora: Novo Século; Edição: 1ª (12 de agosto de 2014)

Idioma: Português

ISBN-10: 854280368X

ISBN-13: 978-8542803686

Dimensões do produto: 22,8 x 15,6 x 2,6 cm

Peso de envio: 522 g

Fonte: https://www.amazon.com.br/Fangirl-Rainbow-Rowell/dp/854280368X

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s