Adaptações, filmes

Filme: Um Ato de Esperança, 2019

Fiona Maye (Emma Thompson) é uma juíza da Alta Corte, que lida todos os dias com casos complicados na vara do direito da família. Ao mesmo tempo em que seu casamento com Jack (Stanley Tucci) desmorona, Fiona recebe aquele que parece ser o caso mais complicado de sua carreira.

Adam (Fionn Whitehead) é um jovem prestes a completar 18 anos que sofre de leucemia, e precisa de uma transfusão de sangue. O garoto, no entanto, se recusa a receber a transfusão já que é testemunha de Jeová e a religião proíbe esse tipo de procedimento.

Como Adam ainda é menor de idade, cabe ao estado decidir o que vai acontecer, Fiona então, resolve quebrar o protocolo e conhecer o garoto.

um-ato-de-esperança01

Baseado no livro A Balada de Henry James, de Ian McEwan, Um Ato de Esperança é bem fiel ao livro, quase como se as suas páginas tivessem sido filmadas uma por uma, o fato do roteiro do filme ter sido feito pelo próprio McEwan ajuda nesse aspecto, uma vez que ninguém melhor do que o próprio criador para adaptar sua obra.

O filme traz a tona todos os temas que estão no livro. Fiona é uma mulher completamente envolvida em seu trabalho, o que atrapalha outros aspectos da sua vida. É verdade que o trabalho de Fiona é extremamente importante e que ele define a vida de outras pessoas, mas no filme e no livro ela o usa para não ter que lidar com sua própria vida.

Quando ela se depara com o caso de Adam, ela tem que questionar muitas das ideias que tem. A família de Adam é de testemunhas de Jeová, mas tanto seu pai quanto sua mãe juram que falaram para o filho que ele deveria aceitar a transfusão de sangue, o que faz Fiona concluir que aquela é uma decisão que vem do garoto.

um-ato-de-esperança02

É por isso que Fiona, de maneira incomum, resolve ir conhecer Adam, para entender o que ele pensa. Quando os dois se conhecem, Fiona fica surpresa com o quanto Adam é maduro e inteligente para a sua idade e a partir daí que ela faz sua decisão.

É assim que Um Ato de Esperança passa a se focar bastante na relação de Fiona e Adam. A juíza rompe diversos protocolos quando resolve ir visitar Adam no hospital, quando ela chega lá, ela acaba dando novas esperanças para o garoto.

Adam então, acaba se ligando a Fiona, porque ela representa todas as novidades que ele já tinha aberto mão de conhecer. Essa ligação não é tão forte para a juíza, mas ela vê ele como o filho que ela não teve e como o interesse romântico que ela perdeu.

um-ato-de-esperança03

A partir do momento que Fiona decide sobre a vida de Adam, a vida dos dois fica automaticamente ligada, já que em um caso em que ela deve decidir sobre a vida ou a morte de uma pessoa, ela tem o poder de um deus.

A obra de McEwan mostra que somos diretamente responsáveis pelas vidas que influenciamos.

A produção de Um Ato de Esperança é bem feita, a direção de arte se preocupou em transmitir os dois momentos de Fiona: quando ela está no trabalho, o aspecto de tudo é um pouco mais rigoroso, as cores são mais sóbrias e tudo é bem mais organizado, já quando acompanhamos Fiona em casa, vemos cores mais claras e ambientes um pouco mais bagunçados. Nada mais justo, já que Fiona pode ser incrível no trabalho, mas sua vida em casa anda uma bagunça.

um-ato-de-esperança04

Muitas das cenas do filme foram filmadas no Great Hall of the Royal Courts of Justice, o mais importante palácio de justiça britânico, o que dá ao longa uma veracidade interessante.

Como boa parte do filme se apóia em Fiona, era necessário que a atriz que a interpretasse fosse capaz de carregar o filme nas costas, ninguém melhor para isso do que Emma Thompson. Não há dúvida que ela consegue fazer isso muito bem, acompanhamos Fiona do começa até o final e não nos cansamos dela.

É verdade que ela tem ajuda tanto de Tucci, que não tem tanto destaque, mas que tem um papel importante, quanto de Whitehead, que funciona quase como um antagonista.

um-ato-de-esperança05

Um Ato de Esperança não tem muitos personagens, por isso é necessário que os atores tenham capacidade de segurar um longa.

O filme tem como protagonista uma juíza, por isso é natural que muita coisa se passe em um tribunal, e a primeira parte do filme é repleta de tribunais, o que pode se tornar um pouco cansativo. Isso muda com o tempo e logo estamos acompanhando Fiona fora do trabalho, mas Um Ato de Esperança é certamente um filme com muito mais diálogos do que ação.

Um Ato de Esperança fala de justiça e se questiona se uma pessoa deve ter tanto poder sobre a vida de outra.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s