livros

The Road Through The Wall, Shirley Jackson

“ ‘My mother says it´s not suitable,’ Harriet said. ‘My mother says to tell you that people of my class are always nice to everybody in spite of their religion or their background but that we have to set standards. Standards, ‘ “.

 “ ‘Minha mãe diz que não é aceitável.’ Harriet disse. ‘Minha mãe disse para te falar que pessoas da minha classe são sempre gentis com todo mundo, independente da sua religião ou da sua educação mas que nós devemos ter critérios. Critérios, ‘”.

Traduzido livremente por Fernanda Cavalcanti

Em The Road Through The Wall acompanhamos os moradores de uma ruazinha e suas relações. A autora dá um destaque especial para as crianças do local e como a dinâmica entre elas funciona.

The Road Through The Wall é o primeiro livro de Shirley Jackson, famosa escritora de terror. O livro é bem inferior a suas obras mais conhecidas (Nós Sempre Vivemos no Castelo e A Assombração da Casa da Colina), mas não é ruim.

O livro acompanha diversas famílias que moram na Rua Pepper e a escritora se aproxima mais de algumas dessas famílias e de como elas vivem. Por isso conhecemos a mulher que cria a filha praticamente sozinha porque o marido está sempre viajando, a mãe solteira, a família que é extremamente religiosa e a mulher que, aparentemente se prostitui para sustentar as duas filhas.

A partir dessas famílias, Jackson consegue nos falar sobre a vida dos americanos e sobre as pequenas hipocrisias dessas pessoas, que são quase necessárias para se viver em sociedade.

O livro se torna mais interessante ainda quando começamos a acompanhar as crianças que vivem ali. Jackson parte do pressuposto que as crianças são malvadas por natureza e que o fazem quase sem perceber o que estão fazendo.

Por isso, o leitor lê sobre Harriet e Marilyn, amigas inseparáveis que não querem deixar que outras meninas se interfiram na relação e por isso, desprezam todas as outras, ou Virginia, que não quer que se irmão mais novo brinque com ela, pois sente vergonha do garoto.

Através das narrativas que falam sobre as crianças acompanhamos o bullying que as crianças fazem e sofrem quase na mesma medida e as pequenas maldades que são cometidas. Outro ponto do livro de Jackson é a influencia dos pais sobre os seus filhos, a mãe de Harriet, por exemplo, acredita que Marilyn não é uma boa companhia para sua filha, uma vez que Marilyn é filha de mãe solteira. Ela impute isso na cabeça da menina de uma maneira que ela própria resolve se afastar de sua amiga, no entanto, a mãe de Harriet não faz ideia de que é sua filha que vai a cidade atrás de homens adultos.

Claro que o livro vai escalando na mesma medida que a maldade das crianças vai aumentando e quando chegamos ao final já estamos chocados com o conteúdo da trama, mas é justamente isso que torna o livro de Jackson interessante.

Diferente de outros trabalhos da autora, The Road Through The Wall não tem aspectos sobrenaturais, ele trabalha mais com a maldade humana, o que é de fato assustador. Estamos mais do que acostumados a ler livros e assistir filmes com crianças assassinas e possuídas, mas não é isso que vemos em The Road Through The Wall, nós lemos sobre crianças normais, que não tem noção do que é a maldade.

Esse aspecto torna a história realista e é sempre mais interessante ler uma história que é realista.

Eu não sei se The Road Through The Wall pode ser considerado um livro de terror, embora Shirley Jackson seja considerada uma escritora do gênero, mas ele certamente pode ser considerado um thriller psicológico e como as outras obras da autora, o livro tem um clima bem sinistro.

O único defeito de The Road Through The Wall é que o livro tem uma quantidade muito grande de personagens, que se fazem necessários dentro da trama, mas que confundem o leitor em alguns momentos, é difícil lembrar os sobrenomes de todas as famílias e mais ainda, de todas as crianças.

The Road Through The Wall tem uma leitura fácil e que prende o leitor, o clima de suspense que nos deixa apreensivos e com a certeza de que alguma coisa terrível vai acontecer mais cedo ou mais tarde, aumenta a vontade de terminar o livro logo, mas esse certamente não é o melhor trabalho de Jackson.

Infelizmente não achei nenhuma edição em português do livro disponível.

Título no Brasil: Não publicado

Título original: The Road Through The Wall

Autor: Shirely Jackson

Gênero: Suspense, terror, thriller

Ano de lançamento: 1948

Editora: Penguin Books

Número de Paginas: 194

Foto: Fernanda Cavalcanti

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s