livros

Silhuetas, Nestor de Miranda e Mauro Figa

“É gente demais para humanidade de menos”-

Lígia

Em Silhuetas, acompanhamos o encontro de vários personagens, escritos por Nestor de Miranda, ao mesmo tempo que vemos as montagens a partir da obra fotográfica de Mauro Figa.

Silhuetas é, sem dúvidas um livro diferente, eu mesma, embora tenha entrado em contato com livros de fotografia e livros de poesia antes, eu nunca tinha lido um livro como Silhuetas.

Você pode ler o livro dos dois lados, em um lado estão as fotos e no outro os textos e isso é muito legal, pois assim o leitor pode escolher por onde ele deseja começar. Além disso, dessa maneira, as fotografias também tem o mesmo destaque que o texto, já que se elas estivessem juntos dos textos, iam parecer ilustrações que fazem referência ao conteúdo do livro. Em Silhuetas, as fotos e os textos funcionam como obras separadas e de igual importância.

A principio o texto de Miranda parece uma poesia, mas não é bem o caso. Os textos consistem de pequenos parágrafos que narram o encontro de alguns personagens. O mais legal disso tudo é que embora eles sejam só fragmentos, eles vão se conectando e contando uma história, principalmente quando lemos fragmentos que dizem respeito aos mesmos personagens.

Também é importante dizer que os textos são muito bonitos, poéticos e cheios de questionamentos sobre a vida, e Miranda escreve muito bem. É muito interessante acompanhar as relações que esse personagem mantém com diversas pessoas e de alguma maneira, isso faz eco na nossa vida, já que também nós relacionamos com os mais variados tipos de pessoas.

Eu gostei muito de Silhuetas, não só da trama, aonde eu me vi presa rapidamente, mas também dessa ideia de fazer um livro completamente diferente, seja na sua edição, seja na maneira qual a qual o autor coloca seus textos.

As montagens de fotos também são lindas e extremamente bem feitas. A ideia de juntar as duas coisas é extremamente interessante e diferente.

Também existe um cuidado claro com a edição do livro, que é bonito e discreto. Como em Corpo Habitável, a última pagina vem com detalhes sobre como o livro foi feito e qual é o número do exemplar que eu tenha na mão, o que é muito legal e dá uma sensação de que aquela leitura é única.

E em um livro como Silhuetas, a leitura de fato é única, e é isso que torna esse livro tão interessante.

Título no Brasil: Silhuetas

Título original: Silhuetas

Autor: Mauro Figa, Nestor de Miranda

Gênero: Arte

Ano de lançamento: 2018

Editora: Editora Calamares

Número de Paginas: 69

Foto: Fernanda Cavalcanti

 

2 comentários em “Silhuetas, Nestor de Miranda e Mauro Figa”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s