livros

O Bom Filho, You-jeong Jeong

“’As histórias felizes geralmente não são verdadeiras’ Hae-Jin respondeu depois de um tempo. Virei-me para olha-lo

‘Ter esperança não faz as coisas serem menos horríveis ‘, ele continuou”

Yu-jin é um jovem ex-corredor que vive com a mãe e com seu irmão mais velho. Um dia, ele acorda sentindo um forte cheiro de sangue e acredita que teve mais um ataque de epilepsia e mordeu a língua enquanto dormia, mas logo ele percebe que o sangue está espalhado pela casa inteira e chega até o corpo de sua mãe, que está morta, vítima de um brutal assassinato.

Yu-jin não tem muitas lembranças ou pistas do que aconteceu na noite anterior, mas tem um flash de sua mãe chamando o seu nome, agora ele precisa descobrir o que aconteceu antes que seu irmão volte para a casa, mas quanto mais Yu-jin procura, mais segredos ele descobre.

O Bom Filho tem uma premissa interessante e já começa com um clima tenso, o livro é narrado em primeira pessoa, então, nós acompanhamos a história do ponto de vista de Yu-jin, que acorda sem entender nada. O leitor também não consegue compreender o que aconteceu, antes que o narrador comece a andar pela casa e descubra o corpo da mãe.

Essa é uma técnica interessante, já que nos coloca literalmente na pele do personagem, compartilhamos de toda a sua confusão, depois de todo o seu medo e de todos os seus questionamentos. Isso ultrapassa a fase inicial do livro, porque vamos descobrindo todos os segredos que rondam aquela história junto com Yu-jin, já que boa parte dos segredos da trama de O Bom Filho, também são segredos para o seu protagonista.

O Bom Filho é de fato, um livro bem pensado e com ótimas reviravoltas, e um dos pontos positivos dele é que ele sempre está entregando novos segredos, então, quando você acha que já sabe de tudo, O Bom Filho te dá mais alguma nova informação. Para isso, a autora You-Jeong Jeong usa de cartas e diários da mãe e da tia de Yu-jin, uma vez que ele não sabe de muita coisa, a mãe está morta e só os dois estão no apartamento.

Também é natural que a gente comece a torcer por Yu-jin, afinal estamos acompanhando o livro do seu ponto de vista, por isso conforme vamos nos deparando com as surpresas que o livro guarda, vamos questionando o próprio protagonista.

A autora é muito boa em deixar o leitor tenso, é impossível não se sentir completamente dentro da trama, enquanto acompanhamos Yu-jin andar pelo apartamento em busca do que pode ter acontecido ali e quando ele começa a tomar decisões cada vez mais precipitadas e mais erradas, vamos nos sentindo cada vez mais ansiosos. Nesse aspecto, O Bom Filho funciona muito bem, porque nos coloca totalmente na pele de Yu-jin.

A primeira parte de O Bom Filho flui muito rápido, o livro de fato prende a atenção do leitor, que está tão curioso para saber o que aconteceu quanto Yu-jin, mas ele vai perdendo um pouco da força com o tempo. Embora o livro seja repleto de mistérios, chega uma hora que ele se torna um pouco previsível, especialmente para quem tem costume de ler literatura policial.

Mas é certo que o livro vai agradar os fãs do gênero e provavelmente até os fãs de terror, porque ele tem cenas muito violentas e bastante sangue. É verdade também que O Bom Filho tem uma perspectiva única, e mesmo que se torne ligeiramente previsível, ainda é relativamente diferente.

No entanto, o livro vai se tornando um pouco cansativo com o tempo, especialmente se o leitor já desvendou boa parte do que está acontecendo. Como o livro não é muito grande e a escrita é muito boa, a leitura, de uma maneira geral, é bem rápida e prazerosa.

Mesmo que seja possível entender o que está acontecendo na trama antes que o livro nos revele, O Bom Filho ainda é um bom livro de suspense, que mantém seus segredos e não se parece nem um pouco com aqueles livros policiais que são produzidos quase em série, em que o leitor já consegue entender tudo que se passou na metade do livro. O Bom Filho soa como uma obra única.

O Bom Filho é um livro que consegue colocar o leitor dentro de sua trama, e que é repleto de suspense e mistérios, ele tem potencial para agradar muito mais do que só os fãs habituais de suspense ou de terror.

Título no Brasil: O Bom Filho

Título original: 기원 의 기원

Autora: You-jeong Jeong

Gênero: Suspense, policial

Ano de lançamento: 2019

Editora: Todavia

Número de Páginas: 288

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s