livros, Sem categoria

O Homem Invisível, H.G. Wells

Um homem misterioso e que vive coberto de bandagens chega a pequena cidade de Iping e deixa a população curiosa e em polvorosa. Então alguns crimes começam a acontecer na cidade e as pessoas descobrem que o homem, na verdade, é invisível.

O Homem Invisível é um clássico inquestionável, o livro foi publicado em 1897, mas é muito relevante ainda nos dias de hoje, tanto que está prestes a ganhar mais uma adaptação cinematográfica esse ano.

A trama do livro é com certeza, inovadora para a época em que ele foi lançado, quando paramos para pensar que nos anos 1800 ainda existia pouca tecnologia e que H.G. Wells está falando de um cientista que foi capaz de se tornar invisível, por isso, eu consigo entender toda a fascinação que esse livro exerceu na época que foi lançado e que exerce até hoje. Para os dias de hoje, como boa parte dos clássicos de fantasia ou ficção cientifica, ele soa um pouco repetitivo.

Isso acontece porque muitos elementos de O Homem Invisível, que na época eram originais, foram usados em outras obras parecidas, o que faz com que a gente ache a original repetitiva. Nesses casos, o ideal é julgar a obra pelo seu contexto e pela época em que ele foi escrito, assim, pensando em O Homem Invisível como a obra original.

Também por ele ser um livro mais antigo, a ordem em que os eventos acontecem, a maneira com que eles acontecem e a maneira com que o livro é escrito são muito característicos, e talvez não agradem os leitores dos dias de hoje.

O Homem Invisível é um livro um tanto quanto parado, mesmo que ele tenha cenas de ação e que seja um livro de ficção cientifica, é em um contexto bem diferente do atual e tudo acontece de maneira bem lenta. Apesar disso, o livro é curto, embora seja um pouco arrastado.

Um ponto interessante do livro é que ele é muito divertido, o autor coloca muito humor no texto e mesmo que a trama gire em torno de crimes e desse homem que literalmente desaparece, o livro tem momentos engraçados e está bem longe de uma trama de terror ou suspense.

A escrita de Wells também é boa, o que facilita a leitura.

A edição da Zahar é, como sempre, muito bem-feita, a capa é dura e muito bonita, o livro vem com uma folha de guarda e o conteúdo técnico também é ótimo. Além do livro por si, a edição vem com uma apresentação da obra e com notas que esclarecem a leitura.

Não tem como discutir a importância de O Homem Invisível e nem a sua relevância, uma vez que continuamos assistindo versões no cinema e na TV do livro, mas talvez ele soe um pouco velho nos dias de hoje. Independente disso, O Homem Invisível é uma leitura relevante, só pela sua importância na literatura mundial e especialmente, na literatura de ficção cientifica.

Título no Brasil: O Homem Invisível

Título original: The Invisible Man

Autor: H.G. Wells

Gênero: Ficção cientifica, suspense

Ano de lançamento: 1897

Editora: Zahar

Número de Páginas: 200

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s