Adaptações, filmes

Filme: Antimatéria, 2016

Ana (Yaiza Figueroa) é uma jovem estudante que viajou por um buraco de minhoca e que passou a ter problemas de memória depois disso. Ela então, resolve investigar para descobrir onde esteve e quem foi o responsável pela a sua viagem.

Antimatéria é uma versão modernizada de Alice no País das Maravilhas.

Antimatéria é um filme complicado, justamente porque não dá para saber muito bem qual é o seu propósito. Ele quer se focar em Ana, que passou por essa experiência de viagem através de um buraco de minhoca e que depois passa a investigar o que aconteceu com ela.

antimateria01

No entanto, nada é muito definido, a experiência de Ana é confusa, o que poderia fazer algum sentido, já que ela volta com perda de memória, mas como o tema não é muito bem recuperado depois, o telespectador fica tão confuso quanto Ana.

A ideia de transportar seu personagem para um outro mundo também é boa e funciona, mesmo que já tenha sido usada várias vezes. Mas para isso, é necessário que nos seja apresentado um mundo minimamente interessante e que seja bem diferente do mundo real, se não, não tem sentido nos jogar em outro universo.

O mundo que Antimatéria não se dedica a isso, e nem apresenta um universo que o telespectador tenha vontade de conhecer o lugar ou se questionar qual dos dois mundos é mais legal.

antimateria02

Também é de se questionar com a relação que existe entre Antimatéria e Alice no País das Maravilhas, uma vez que a única coisa que eles têm em comum é o fato de terem uma protagonista feminina, que encontra um buraco de minhoca, mas pensando rapidamente é possível lembrar de pelo menos, três exemplos que seguem essa linha, como O Mágico de Oz, Labirinto e Coraline.

Fica até difícil e entender como que a pessoa que escreveu achou que as duas tramas podiam se relacionar para além do buraco de minhoca. Isso pode ser um problema para quem assiste o filme buscando referências ao livro de Carroll, mas pode passar completamente despercebido para quem não sabe o que filme quer emular.

Antimatéria é um filme simples, sem grandes estúdios por trás e que nem parece querer usar de muitos efeitos, embora se passe em mundo fantástico que talvez precisasse dessa ajuda para se tornar real. Isso não é incrivelmente prejudicial ao filme, uma vez que se a trama fosse interessante, passaria batido, mas como não é o caso, os efeitos meia boca acabam sendo mais uma das questões que atrapalham Antimatéria.

antimateria03jpg

Antimatéria é um filme ligeiramente sem sentido, e nem é de uma maneira interessante e que nos remete a Alice no País das Maravilhas, mas sim daquela maneira que faz você questionar qual era o propósito do filme e porque ele foi feito.

Embora ele mire na obra de Lewis Carroll, Antimatéria não acerta em nada, nem mesmo na sua própria trama.

Título no Brasil: Antimatéria

Título original: Anti Matter

Diretor: Keir Burrows

Gênero: Ficção cientifica

Nacionalidade: Reino Unido da Grã-Bretanha, Irlanda do Norte

Ano: 2016

Duração: 1h49min

Elenco: Yaiza Figueroa, Casey Lawler, Harrie Hayes, Holly Joyce, James Farrar

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s