livros

Eleanor & Park, Rainbow Rowell

Park é um adolescente, descendente de coreanos, que gosta de música e quadrinho. Ele não é popular na escola, mas passa despercebido. Eleanor é a aluna nova, ela é ruiva, desajeitada, grande, fora dos padrões de beleza e se veste de uma maneira que é considerada esquisita. Ao contrário de Park, ela chama muita atenção.

Os dois se conhecem no ônibus da escola, quando Eleanor senta no único lugar vazio, que é ao lado de Park. No começo, ele não gosta de ter a menina ao seu lado, mas com o tempo, os dois acabam ficando amigos e se apaixonando.

Depois disso, nenhum dos dois parece ligar para o bullying na escola ou para a oposição da família.

Eleanor & Park começa como um young adult, ele se preocupa em falar sobre dois adolescentes, que vivem o seu primeiro amor. Antes disso, temos uma descrição de quem são esses adolescentes.

Park é um garoto que adora quadrinhos e música e que vive mais dentro do seu próprio mundo, ele não é popular e nem tem muitos amigos, mas também não chama a atenção de maneira negativa, sua mãe é coreana e seu pai americano, e ele tem uma família unida e compreensiva.

Já é Eleanor é uma menina completamente fora dos padrões, que chama muita atenção e geralmente atenção negativa. Ela vive com a mãe, os irmãos mais novos e o padrasto com quem não se dá bem.

O livro então descreve como eles ficam amigo e como começam a se gostar, não demora muito para que os dois estejam completamente apaixonados e que comecem a notar as diversas dificuldades que eles vão enfrentar.

Os personagens até são bem construídos e tem boas descrições, o leitor sente que de fato conhece Eleanor e Park, o que nos leva a naturalmente, torcer pelo romance dos dois. A maneira com que eles se tornam amigos e logo depois, se apaixonam e começam a se relacionar já é menos crível, uma vez que acontece rápido demais e que é colocada de uma maneira um pouco absurda.

Quando Eleanor chega na escola e começa a se sentar do lado de Park, ele detesta e a princípio, até se recusa a falar com ela, até que um dia, do nada, ele empresta para ela um quadrinho e essa relação continua até que os dois estejam apaixonadas, soa um pouco forçado que um menino que nem queria olhar para uma menina comece a emprestar quadrinhos para ela, do nada, sem nenhuma mudança.

O romance dos dois, no entanto, é bonitinho e pode falar com qualquer adolescente que já esteve apaixonado e o livro parece ser só isso por boa parte do tempo, mas ele traz algumas reviravoltas interessantes. Eleanor & Park parece querer falar de temas além do primeiro amor.

Primeiro ele fala sobre preconceito, Park é descendente de coreanos e embora passe despercebido na maioria do tempo, sofre preconceito, já Eleanor é uma garota descrita como “grande”, que se acha gorda e que de uma maneira ou de outra, está fora dos padrões, ela escuta piadas sobre seu corpo, seu cabelo, suas roupas e suas peculiaridades o tempo todo.

Depois o livro se ocupa em falar sobre as famílias dos dois protagonistas, Park tem uma família tradicional, composta de pai, mãe e irmão e que embora o irrite é unida e aceita seu namoro. Já Eleanor vem de uma família completamente desestruturada, seus pais são separados e ela mantém pouco contato com o pai, ela tem muitos irmãos mais novos e sua mãe é casada com um homem violento, que se sente no direito de cuidar da vida de todos e não aceita o namoro de Eleanor e Park.

O livro vai se desenrolando dessa maneira, até que no final, tem uma reviravolta, que embora não muito bem armada ao longo do livro é interessante e transforma Eleanor & Park em muito mais do que só um livro sobre o primeiro amor. A partir daí, o livro ganha contornos bem mais dramáticos, melancólicos e angustiantes.

Também é legal ressaltar que a autora foge do óbvio quando escolhe quem são seus protagonistas, esse poderia facilmente ser mais um livro que fala sobre adolescentes brancos, magros e completamente dentro dos padrões que por algum motivo são considerados esquisitos, mas não é o caso. Rainbow Rowell escolhe como protagonistas um jovem descendente de coreano e uma menina que não é magra. Embora essas características sejam questões para outras pessoas, não interferem em nada no romance dos dois.

A leitura também é prazerosa e fácil, o livro tem bons momentos, boas referências e personagens que são carismáticos, dos quais se quer saber mais. Ele poderia dar mais pistas do final, sem revela-lo, durante o livro, uma vez que quando chegamos no fim do livro e nos deparamos com o que é apresentado, ficamos nos questionando, mas isso por si só, não é um problema tão grande.

Eleanor e Park é um livro que fala sobre o primeiro amor, mas também fala sobre assuntos um pouco mais sérios e embora não se aprofunde neles, pelo menos tem protagonistas diferentes, então, o seu saldo, de maneira geral, é positivo.

Título no Brasil: Eleanor & Park

Título original: Eleanor & Park

Autor: Rainbow Rowell

Tradutor: Caio Pereira

Gênero: Romance, young adult, ficção juvenil

Ano de lançamento: 2012

Editora: Novo Século

Número de Páginas: 328

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s