livros

Anne de Green Gables, Lucy Maud Montgomery

“That’s the worst of growing up, and I’m beginning to realize it. The things you wanted so much when you were a child don’t seem half so wonderful to you when you get them.”

“Estou começando a perceber que essa é a pior parte de crescer. As coisas que você queria quando criança, não parecem tão importantes quando você as consegue”

Traduzido livremente por Fernanda Cavalcanti

Os irmãos Marilla e Matthew Cuthbers querem adotar um menino para ajuda-los nas tarefas da fazenda, mas o orfanato comete um erro e envia uma menina de onze anos chamada Anne, que não para de falar.

Eles até pensam em devolver Anne, mas ela acaba conquistando os dois e não demora muito para que ela conquiste a cidade toda.

A primeira coisa que é preciso ser dito sobre Anne de Green Gables é que ele é um livro voltado para o público infantil, no máximo juvenil. Ele narra a história de Annie, uma menina de onze anos, otimista e teimosa, que acaba conquistando todo mundo.

Por isso não tem muito sentido ler esperando uma grande trama, com grandes reviravoltas, porque não tem isso no livro. Anne de Green Gables basicamente descreve o dia-a-dia de Anne e ela se acostumando ao novo lugar onde ela mora.

O livro é bonitinho e traz temas interessantes, como a relação de Anne e Marila e Matthew, ou de Anne com as meninas da escola, ou mesmo a situação em que Anne, que é uma menina órfã e só deseja encontrar uma casa se encontra, mas por outro lado, ele não traz nenhuma grande inovação. A trama é relativamente parecida com a de Poliana, que foi publicado depois, mas que é muito mais famoso e que tem uma personagem um pouco mais carismática.

A questão é que Anne é uma personagem ligeiramente desagradável, além dela falar quase que em todos os momentos do livro e nem é na narração, é em diálogos mesmo, em muitos momentos, ela é mimada e orgulhosa, e muitas vezes é difícil gostar de uma personagem que é assim, mesmo que ela tenha momentos mais gentis.

Embora o livro seja voltado para o público infantil, a linguagem não é tão simples assim, o que complica um pouco a leitura e deixa ela mais lenta, e, portanto, eu diria que Anne de Green Gables é uma leitura para crianças um pouco maiores, com dez anos ou mais.

A trama de Anne de Green Gables é meio bobinha, o que não é exatamente um problema, já que é um livro voltado para crianças e que para esse público o livro funciona, mas pode certamente deixar os leitores mais velhos um pouco entediados e impacientes com a leitura.

Mas é muito importante ressaltar que o livro é uma boa escolha para crianças, porque traz uma trama que é de certa maneira próxima a elas, e pode estimular a leitura, então, ele tem sua utilidade.

Anne de Green Gables é um clássico que ganha cada vez mais popularidade, ele tem seus méritos, e é uma boa leitura para crianças, mas pode deixar os adultos um pouco cansados.

Título no Brasil: Anne de Green Gables

Título original: Anne of Green Gables

Autora: Lucy Maud Montgomery

Tradutora: Márcia Soares Guimarães

Gênero: Infantil, Juvenil

Ano de lançamento: 1908

Editora: Autêntica infantil e juvenil

Número de Páginas: 320

3 comentários em “Anne de Green Gables, Lucy Maud Montgomery”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s