livros

Os 13 Problemas, Agatha Christie

Um grupo de pessoas se reúne toda semana, em um clube chamado Clube das Terças-Feiras, com o objetivo de contar histórias misteriosas para que os outros integrantes adivinhem a solução.

O grupo é composto por pessoas diferentes, com profissões diferentes, mas quem chama a atenção é Miss Marple, uma senhorinha que parece indefesa, mas também é capaz de desvendar boa parte das histórias.

A sinopse de Os 13 Problemas é relativamente simples. O livro apresenta treze histórias, aqui divididas como se fossem capítulos, que representam as tramas de suspense que são contadas durante as reuniões. As tramas poderiam facilmente serem contos, mas eles estão interligados por esse encontro, então, ao mesmo tempo que acompanhamos tramas diferentes, com personagens diferentes, o começo e o final desses capítulos sempre se passam nas reuniões com o grupo discutindo qual pode ser a solução daquele mistério.

Como os 13 Problemas é praticamente um livro de contos, é natural que se goste mais de uma ou de outra história, e isso acontece aqui. Algumas das tramas são ótimas e outras são bem sem graça. A história contada pela própria Miss Marple é a mais interessante e prende o leitor com bastante facilidade.

O livro tem questões muito boas, a ideia por si só é bem legal, uma vez que através dessas pequenas histórias misteriosas, a autora pode apresentar uma série de tramas diferentes, o que claro, demonstra uma grande criatividade.

O fato da protagonista ser Miss Marple também é ótimo. Ela é descrita como uma senhorinha pacata e fofinha e quando ela decide que quer participar do grupo, ninguém leva ela muito a sério, afinal, eles acham que uma senhorinha que mal sai de casa não pode ser capaz de desvendar qualquer mistério, mas não demora muito para que ela passe a descobrir todas as pistas que são jogadas na trama.

De uma maneira geral, o livro é bem bobinho, e não está muito longe de outras tramas da autora. Claro que as tramas aqui são mais curtas e, portanto, mais rápidas, o que pode prejudicar um pouco o desenvolvimento da obra. É difícil se apegar aos personagens das histórias contadas, justamente porque tudo passa muito rápido. Mesmo os personagens que fazem parte do clube e que estão contando as histórias, não são muito descritos e só aparecem para contar suas tramas, o que torna eles meio esquecíveis.

Miss Marple acaba se tornando a única personagem que é realmente marcante, o que por si só não é um problema, já que ela é a protagonista e que também aparece em outros livros de Christie.

Os 13 Problemas no final das contas vai se tornando um pouco monótono, porque apresenta a mesma formula nos seus treze capítulos e pode ficar cansativo com o tempo.

Por outro lado, como boa parte dos livros da autora, a leitura é muito rápida e muito fácil.

Os 13 Problemas até parte de uma boa ideia, mas como não dá muita profundidade aos seus personagens e passa por suas tramas rápido demais, se torna uma leitura parada e não memorável.

Título no Brasil: Os 13 Problemas

Título original: The Thirteen Problems

Autora: Agatha Christie

Gênero: Suspense, Policial

Ano de lançamento: 1933

Editora: L&PM

Número de Páginas: 256

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s