livros

Livros de Sangue IV, Clive Barker

“Who in their rigth minds would trust someone who made a profession out of poking around in sick people?” – The Body Politic

“Quem iria confiar em uma pessoa que tem como profissão bisbilhotar a vida de pessoas doentes?” – O Corpo Politico

Traduzido livremente por Fernanda Cavalcanti

Livros de Sangue IV é o quarto volume da série Livros de Sangue de Clive Barker, ele é antecedido por Livros de Sangue I, II e III.

Esse volume não difere muito dos outros, ele segue a mesma linha. O livro tem contos grandes, com personagens e tramas bem desenvolvidas que estão no limiar entre o terror e o gore. Os contos não se relacionam entre si, mas tem uma espinha dorsal em comum que acompanha todo o projeto de Barker e que inclui os seis volumes de Livros de Sangue.

Nesse volume temos contos como The Inhuman Condition, que acompanha um homem que um dia, só por diversão, espanca um morador de rua, e rouba dele uma corda cheia de nos. Quando ele chega em casa, ele começa a desfazer esses nos, sem saber que isso pode libertar uma força terrível.

Já em The Body Politic, Barker propõe uma revolução, comandada por mãos humanas, que estão cansadas de obedecer aos corpos das quais fazem parte. Revelations acompanha um casal que vai passar a noite em um motel onde a trinta anos atrás, uma mulher matou seu marido e se matou em seguida, naturalmente que em se tratando de um conto de terror, isso vai afetar o casal que está passando a noite no local.

Down, Satan! acompanha um homem que se sentindo abandonado por Deus, resolve chamar o diabo na expectativa de que Deus intervenha e o salve, as coisas não saem exatamente como o planejado. O conto é bem curto e por isso, bem diferente dos outros contos de Livros de Sangue, ele também tem um certo humor, que é relativamente comum no trabalho de Barker.

O último conto desse volume é The Age of Desire e conta a história de um laboratório que está fazendo pesquisas para criar um afrodisíaco extremamente poderoso, no entanto, uma das cobaias acaba saindo do controle e para satisfazer seus desejos passa por cima de todas as questões morais e todos os tabus. Esse conto traz um aspecto bem comum as obras de Barker, que é a mistura do terror e do gore, com o sexo. Aqui o sexo está extremamente atrelado a violência e é mostrado de maneira muito doentia.

Claro que contos assim podem não agradar quem não gosta do gênero e até quem gosta do gênero, os contos de Barker são bem pesados, mas tudo que ele escreve tem algum sentido dentro do escopo do seu trabalho. Os contos desse volume combinam perfeitamente com os contos dos outros volumes e é claro que a série de livros tem uma lógica.

As tramas desse volume, por outro lado, são um pouco mais leves que as tramas dos outros volumes, embora claro, não sejam leves. Por isso, a série de livros de Barker é recomendada para quem tem estômago e para quem está disposto a ler cenas pesadas, com muito sangue e muito violência.

Praticamente tudo que pode ser dito sobre os volumes anteriores também se aplica aqui. Os contos são bem longos e podem agradar quem já está gostando da trama e quer ficar mais tempo próximo daquela história e daqueles personagens, mas pode desagradar quem não está gostando da trama e quer chegar logo na próxima.

Em um livro de contos é natural que se goste mais de um ou de outro, e isso muda de acordo com as opiniões e gostos pessoais de cada leitor, mas todos os contos do livro – com exceção talvez de Down, Satan!, que é curtíssimo – tem personagens e tramas muito elaborados e o leitor sente que conhece cada detalhe apresentado ali e isso acontece justamente porque Barker tem tempo para desenvolver sua história, uma vez que os contos são grandes.

A leitura é fácil e relativamente rápida, mas pode se tornar lenta e dificultosa se o leitor não estiver gostando de algumas das histórias. Barker escreve muito bem e é ótimo nas descrições, especialmente nas cenas assustadoras ou aflitivas, mas em alguns momentos, a leitura fica complexa, o que pode atrapalhar.

Livros de Sangue IV também é bem difícil de encontrar, o que limita a sua compra a edições em inglês ou edições usadas, que normalmente estão muito caras.

Livros de Sangue IV está completamente dentro do contexto dos volumes anteriores e é mais um exemplo do grande talento de Barker e de como ele é capaz de assustar e enojar o seu leitor.

Título no Brasil: Livros de Sangue IV

Título original: Books of Blood – Volume IV

Autor: Clive Barker

Gênero: Contos, Terror

Ano de lançamento: 1985

Editora: Littlehampton Book Services Ltd

Número de Páginas: 160

3 comentários em “Livros de Sangue IV, Clive Barker”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s