livros

O Conflito, Agatha Christie

“- Acho isso é horrendo!
– Amar alguém sempre é – eu disse – depositar nas costas da pessoa amada um fardo quase insuportável. “
Hugh Norreys vive uma vida tranquila, até o dia que recebe uma mensagem de John Gabriel, um antigo amigo que está no seu leito de morte. John quer conversar com Hugh pela última vez, mas o segundo não tem a menor vontade de rever o antigo amigo, é a partir daí que ele começa a contar ao leitor o que aconteceu para que ele sentisse tanta raiva de John.
Hugh volta a sua juventude, quando ele, logo depois de sofrer um acidente conheceu John, um carismático político e Isabella Charteris, uma moça rica e atraente, que estava destinada a se casar com seu primo, Rupert, mas como fica claro, a vida nem sempre sai como planejamos.
A primeira coisa que deve-se dizer sobre O Conflito é que ele é um livro bem diferente dos outros trabalhos de Christie, o livro foi publicado pelo pseudônimo da autora – Mary Westmacott – e não é um suspense e nem segue aquela formula clássica de Christie, onde várias pessoas são suspeitas e o leitor investiga o caso junto com os personagens.
O Conflito, na verdade, nem tem nenhum assassinato, nem um crime, ele é uma trama sobre relações pessoais. O livro é escrito em primeira pessoa e desde o começo é narrado por Hugh, que está relembrando sua juventude. A história começa bem antes dele sequer chegar ao local onde vai conhecer John e Isabella, e o leitor fica sabendo como era sua vida antes do acidente e como ela ficou depois.
Somos apresentados a John e Isabelle, assim como aos outros personagens que circundam eles, ao mesmo tempo que Hugh e por isso, vamos construindo nossas opiniões sobre eles ao mesmo tempo que o narrador o faz e a partir das opiniões dele. É interessante a maneira com que Christie constrói esses personagens e as relações entre eles.
Existe um claro desprezo de Hugh por John, mas mesmo assim, os dois continuam conversando e parecem inclusive serem amigos, ao mesmo tempo, que Isabelle também parece não gostar muito de John, mas ao longo do tempo vemos que isso não é bem verdade. E se Hugh mostra cada vez mais irritação com John, isso não é o que acontece com as personagens femininas presentes na trama, todas elas parecem encantadas pelo homem, o que mostra o contraste entre o que Hugh nos conta e o que realmente acontece.
Já Isabelle aparece como uma moça muito bonita e educada, mas extremamente calada e inalcançável, pelo menos para Hugh, que se mostra muito interessado na moça, mas que não recebe as mesmas atenções por parte dela.
O grande forte de O Conflito é justamente a maneira com que esses personagens se relacionam entre si e como o leitor, que acompanha a história do ponto de vista de Hugh, acredita no que ele nos fala, mas não tem acesso a tudo que acontece na trama.
Como todos os livros de Christie, a leitura de O Conflito é fácil e rápida, a trama flui bem e a história é relativamente simples, embora tenha questões profundas bem trabalhadas.
A grande questão de O Conflito é que por ser extremamente diferente dos outros livros da autora, ele pode não agradar os fãs, especialmente quem lê o livro esperando um mistério. O Conflito é um livro que se preocupa muito mais em falar de sentimentos e impressões, do que de crimes e mortes e por isso mesmo, tem muito mais espaço para desenvolver seus personagens.
Embora esteja bem longe do que estamos acostumados a ver em um livro de Agatha Christie, O Conflito é um livro que prende a atenção e que mostra que Christie não é só uma boa escritora de mistérios.

Título no Brasil: O Conflito
Título original: The Rose and the Yew Tree
Autora: Agatha Christie
Tradução: Henrique Guerra
Gênero: Drama
Ano de lançamento: 1948
Editora: L&PM
Número de Páginas: 256

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s