livros

Livros de Sangue VI, Clive Barker

Livros de Sangue VI é o sexto e último volume da série Livros de Sangue, de Clive Barker. Ele é precedido por Livros de Sangue I, II, III, IV e V.

Esse volume é composto por cinco contos e segue aquele mesmo conceito dos outros livros. Os contos não conversam entre si e nem tem os mesmos personagens, mas eles têm a mesma espinha dorsal, que é explicada no primeiro conto do primeiro livro.

Os contos de Barker são contos de terror, mas beiram quase ao gore, eles têm cenas bem pesadas de violência e morte. Outro aspecto que também está presente em Os Livros de Sangue, e que também são uma constante em toda a carreira de Barker são as cenas de sexo e a forma com que o autor relaciona o sexo, a morte a violência.

The Life of Death, o primeiro conto do livro, acompanha Elaine, uma mulher doente que fica obcecada com uma igreja que vai ser demolida. Ela então conhece Kavanagh, um homem que está tão obcecado pelo local quanto ela e os dois se tornam amigos, mas Elaine nem imagina o que essa amizade pode trazer para ela.

How Spoilers Bleed é um conto bem interessante que fala sobre um grupo de homens que compram terras na américa do sul. Eles querem que os nativos saiam para que eles possam construir naquele lugar, mas os nativos querem ficar na sua terra natal. Até que um dos homens, acidentalmente, atira em uma criança nativa e todos os homens são amaldiçoados.

Twilight at the Towers tem como protagonista Ballard, um espião inglês que vive em Berlim e que precisa se encontrar com outro espião, chamado Mironenko. Depois do encontro, Mironenko simplesmente desaparece e Ballard começa a investigar o que aconteceu e descobre que ele e Mironenko tem muito mais em comum do que ele pensa.

The Last Illusion conta a história de Harry D’Amour, um investigador particular que está investigando a morte de um mágico, morto em situações misteriosas, mas de repente, ele mesmo se vê envolvido em questões que não consegue compreender.

On Jerusalem Street, que não está presente em todas as edições, foi escrito depois e é uma continuação direta de The Book of Blood, o primeiro conto do primeiro volume.

Como os outros livros da série, Livros de Sangue VI tem contos mais e menos interessantes, por isso a leitura pode ser rápida ou mais lenta, depende do quanto cada leitor está gostando de cada conto.

Os contos de Barker também são longos, o que é bom porque o autor tem bastante espaço para se aprofundar nos seus personagens e nas suas tramas, mas pode cansar o leitor, que não quer ficar muito tempo na mesma trama.

Os Livros de Sangue se complementam entre si e os contos de todos os volumes apresentam histórias assustadoras, mas que não são clichês do gênero, o que é muito interessante. Os trabalhos de Barker são, em sua maioria, muito originais, e não se assemelham de nenhum outro autor do gênero.

Esse aspecto deixa a leitura muito instigante e é sempre bom conhecer um trabalho tão diferente quanto o de Barker.

Livros de Sangue VI fecha a série de livros de Barker e segue a mesma linha dos contos dos outros volumes e é ideal para quem gosta de terror, gore e muitas cenas com sangue.

Título no Brasil: Livros de Sangue VI

Título original: Books of Blood – Volume VI

Autor: Clive Barker

Gênero: Contos, Terror

Ano de lançamento: 1985

Editora: Sphere

Número de Páginas: 152

Um comentário em “Livros de Sangue VI, Clive Barker”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s