livros

A Batalha do Monte Dourado, Hector Leandronic

Na pequena cidade de Monte Dourado, a família Kellerstrauss e a tribo Brownensteins precisa dividir o espaço, enquanto se enfrentam quase que diariamente. Alguns novos acontecimentos vão fazer com que essa guerra fique ainda mais acirrada.

A Batalha do Monte Dourado é um livro que tem muita influência do faroeste americano e por isso, é possível dizer que ele se encaixa nesse gênero. Boa parte dos aspectos comuns a esse tipo de narrativa estão presente aqui: uma família rica, que tem atividades ilegais, uma tribo, que deseja manter seu território e uma briga que já dura anos.

Qualquer pessoa que conhece e gosta de faroeste vai gostar de A Batalha do Monte Dourado.

No entanto, o livro foge de alguns clichês, que já não cabem mais nos dias de hoje, como por exemplo, a maneira com que o povo indígena é retratado. Nos faroestes clássicos e mais antigos, os povos indígenas são sempre retratados como terríveis vilões, dispostos a tudo para aniquilar o homem branco, mesmo que na pratica, fosse o homem branco que estivesse invadindo as terras indígenas.

Aqui é diferente, acompanhamos a trama do tanto do ponto de vista da família Kellerstrauss, quanto da tribo Brownensteins, por isso, conseguimos entender as ações dos personagens, mesmo que não necessariamente concordemos com todas elas. O povo indígena não é retratado como sanguinário, assassino, selvagem ou cruel, mas sim, como pessoas que querem defender suas terras.

Essa é uma mudança muito bem-vinda em um livro que se embrenhem no gênero do faroeste.

A Batalha do Monte Dourado também se preocupa em falar da vida de vários personagens, o que ajuda o leitor a ter uma visão geral da trama.

Além do faroeste, o livro tem momentos de aventura, de ação e de romance, então, é certo que alguma parte da história pode prende mais um leitor ou outro, mas as tramas se complementam.

A leitura de A Batalha do Monte Dourada é bem rápida, e divertida, o livro não é muito comprido e é fácil se prender na trama, por isso, ela se torna rápida.

Usando aspectos muito clássicos de um gênero antigo, A Batalha do Monte Dourado moderniza questões que hoje soam inapropriadas, em um livro divertido e cheio de ação, que prende o leitor.

Título no Brasil: A Batalha do Monte Dourado

Título Original: A Batalha do Monte Dourado

Autor: Hector Leandronic

Gênero: Faroeste, Aventura

Ano de lançamento: 2021

Editora: Alarde

Número de Páginas: 150

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s