livros

O Mistério dos Sete Relógios

“Afinal de contas, tenho a impressão de que a ficção se baseia na realidade. Quer dizer, se as coisas não acontecessem, ninguém poderia imaginá-las”

Um grupo de jovens está passando um tempo na mansão Chimneys e resolve pregar uma peça em Gerry Wade, um amigo deles que nunca acorda cedo. Para isso, eles colocam oito despertadores no quarto de Gerry, para que todos toquem no mesmo horário.

A peça não dá certo, porque Gerry amanhece morto e eles dão falta de um despertador. Sem entender o que aconteceu, Bundle, a herdeira da mansão, resolve investigar o crime.

O Mistério dos Sete Relógios é mais um mistério clássico de Agatha Christie, nele acompanhamos um grupo de jovens que está passando um tempo em uma mansão alugada, lá eles resolvem pregar uma peça em um dos amigos, que morre antes que isso aconteça. A partir daí começa uma investigação, que leva a segredos ainda maiores.

O livro começa de maneira simples, apresentando apenas os amigos se divertindo e pensando na peça que querem pregar, o clima muda um pouco quando Gerry aparece morto.

A investigação, no entanto, demora um pouco mais e só começa quando Bundle retorna a mansão e fica sabendo do que aconteceu. O leitor acompanha ela, enquanto ela investiga e vai junto com a personagem descobrindo os segredos que rondam essa história.

Como já é de se imaginar a investigação revela coisas muito maiores do que só a morte estranha de Gerry. O Mistério dos Sete Relógios começa como um livro de mistério comum e quase doméstico, mas vai aos poucos se tornando um romance de investigação com conspirações e espionagem e ganhando uma magnitude bem maior.

A sua trama, no entanto, não empolga muito. Embora a ideia dos oito relógios seja bem interessante e a história tenha várias reviravoltas, o mistério não é muito instigante e o livro não prende os leitores.

A ideia da brincadeira, que acaba sendo fatal e a composição dos oito relógios dão um tom sinistro a trama, que faz o leitor achar que o livro tomará rumos um pouco mais macabros, mas os livros de Christie, embora sejam livros de suspense, com assassinatos, raramente apresentam mortes muito cruéis ou cenas muito pesadas, e O Mistério dos Sete Relógios, além disso, está mais para um romance de espionagem do que para um romance policial.

Claro que ele possivelmente vai agradar os fãs do gênero, mas pode não acontecer o mesmo com os fãs da autora, acostumados com outro tipo de livro e que chegam em O Mistério dos Sete Relógios com algumas expectativas.

De uma forma geral, O Mistério dos Sete Relógios é um livro parado, que não engrena com facilidade. Christie geralmente escreve personagens bem carismáticos, mas isso não acontece aqui, é difícil se apegar a qualquer um deles, inclusive a investigadora. O fato do livro ter muitos personagens, como é comum nas obras da autora, deixa tudo ainda mais confuso, porque é fácil se perder.

O Mistério dos Sete Relógios é um livro curto, mas arrastado, que tem a leitura difícil e lenta e que não empolga o leitor. Ele certamente pode agradar quem gosta de acompanhar uma história de espiões – embora essa seja bem simples -, mas não é exatamente um livro de suspense, o que pode decepcionar os fãs mais entusiasmados de Agatha Christie.

Título no Brasil: O Mistério dos Sete Relógios

Título Original: The Seven Dials Mystery

Autora: Agatha Christie

Tradução: Milton Persson

Gênero: Mistério, Thriller, Suspense

Ano de lançamento: 1929

Editora: HarperCollins

Número de Páginas: 266

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s