livros

A Vida Mentirosa dos Adultos, Elena Ferrante

“Era só olhar por um instante que fosse quem tinha o privilégio de ter um rosto bonito e elegante e descobrir que aquela pessoa escondia infernos semelhantes aos expressos por rostos feios e grosseiros. O esplendor de um rosto, enriquecido ainda por cima pela gentileza, ocultava e prometia ainda dor do que um rosto opaco.”

Giovanna está prestes a completar treze anos e vive uma vida privilegiada em uma parte rica da cidade, seus pais, Andrea e Nella são professores e Giovanna tem acesso a leitura e a cultura desde muito nova. Um dia, ela escuta seu pai comentar com sua mãe que Giovanna está ficando feia e que está cada vez mais parecida com a irmã dele, Vittoria, com quem ele cortou laços faz tempo.

Giovanna fica perturbada, porque a fama da tia na família não é boa, segundo Andrea, Vittoria não só é fisicamente feia, como também tem uma personalidade terrível, ela é grosseira, mal-educada e má. Mas a curiosidade fala mais alto e Giovanna resolve ir atrás de Vittoria para finalmente, conhecê-la.

Sobrinha e tia começam a conviver e Vittoria, que também tem suas questões com Andrea, pede que Giovanna comece a observar seus pais e é assim que Giovanna entra no mundo dos adultos.

A Vida Mentirosa dos Adultos é narrado do futuro, em primeira pessoa, como se Giovanna depois de adulta estivesse contando sobre sua adolescência, o livro cobre o período dos seus doze aos seus dezesseis anos. Quando o livro começa, Giovanna é uma garota prestes a entrar na adolescência, que vive uma vida relativamente protegida, ela mora em um bairro nobre, seus pais têm dinheiro e são professores, que pregam pelo conhecimento, Giovanna é uma menina disciplinada e estudiosa, que se mantém sempre dentro desse universo e trava relações apenas com suas amigas, as irmãs Angela e Ida.

A vida de Giovanna muda quando ela escuta seu pai comentar que ela está ficando feia e mais do que isso, parecida com Vittoria, a irmã dele, que tem uma péssima fama na casa de Giovanna. O fato do pai a achar parecida com Vittoria e assim, automaticamente feia, despertam em Giovanna um sentimento de confusão, mas também é o que dá o impulso para que ela entre na vida adulta e queira finalmente conhecer a tia.

Vittoria é o completo oposto de Andrea, o pai de Giovanna. Ela é uma mulher pobre, que não tem educação formal e vive em um bairro de periferia, ela geralmente fala o que lhe vem à cabeça, sem pensar ou filtrar os assuntos, e para Giovanna, soa completamente verdadeira. A sobrinha também acha que Vittoria é a única pessoa que não a trata como uma garotinha.

A história de Vittoria por si só, já é muito interessante e criativa. Vittoria e o irmão começaram a brigar porque ela se envolveu com um homem casado, Enzo, e depois do seu falecimento ficou amiga de Margherita, a viúva de Enzo e até hoje frequenta a casa da mulher e dá palpite na vida dos filhos de Margherita e Enzo. A relação de Vittoria e Giovanna é esquisita e em alguns momentos a tia trata a sobrinha muito bem, porque se reconhece na menina, mas em outros, trata ela mal e a despreza, porque vê a criação que Andrea e Nella deram para ela, mas de uma certa maneira, Vittoria abre os olhos de Giovanna para o que se passa a seu redor e para o que é o mundo dos adultos.

Quando Giovanna, por conselho da tia, começa a reparar nos seus pais e na maneira como eles se comportam, ela percebe que os adultos contam uma série de mentiras e uma vez que ela própria está prestes a se tornar adulta, ela também passará a mentir mais cedo ou mais tarde. É como se Giovanna aprendesse a se tornar adulta através do mundo que ela vê: o de sua tia, que parece cheio de verdades, ditas na cara, ainda que de maneira grosseira, e o de seus pais e seus amigos, aparentemente repleto de mentiras, mas elegante e bem-educado.

A Vida Mentirosa dos Adultos é um romance de formação, afinal acompanha a protagonista nos seus anos de adolescência e segue ela durante uma série de eventos, como primeiros amores, amizades feitas e desfeitas, primeiras experiências e descobertas sexuais, mas o foco do livro parece ser a maneira que Giovanna vê os adultos ao seu redor e como ela começa a se entender como adulta e se acostumar com isso.

A leitura de A Vida Mentirosa dos Adultas é rápida e prazerosa, a trama de Giovanna é muito interessante e muito bem pensada, os personagens secundários, que completam o livro, tem histórias tão ou até mais instigantes que a história da protagonista, o que torna impossível largar o livro antes que o leitor receba algumas informações e saiba o que vai acontecer. Talvez A Vida Mentirosa dos Adultos não seja o melhor livro de Elena Ferrante, mas ainda é um trabalho poderoso e expressivo.

Título no Brasil: A Vida Mentirosa dos Adultos

Título original: La vita bugiarda degli adulti

Autora: Elena Ferrante

Tradução: Marcello Lino

Gênero: Contemporâneo

Ano de lançamento: 2019

Editora: Intrínseca

Número de Páginas: 432

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s