filmes

Filme: Ménage, 2020

Veiga (Lino Camilo), Roberto (Francisco Gaspar) e Ariel (Vinícius Ferreira) se reúnem para uma noite regada a sexo, drogas e bebida, depois de uma convenção do partido do qual eles fazem parte, mas logo eles descobrem que a garota de programa (Elisa Telles) que estava com eles teve uma overdose na banheira do motel.

Ariel é um deputado, que está em plena campanha eleitoral para governador, e os três precisam resolver a questão sem que nada disso vaze para a imprensa.

Quando Ménage começa não sabemos nada sobre os três personagens principais, fica apenas subentendido que eles estão passando um tempo com uma garota de programa em um motel, drogas e bebidas são vistas por todo o canto, a personalidade e o caráter deles também são estabelecidos assim, a partir das conversas. Fica claro que eles são, obviamente, homens privilegiados, que podem bancar essa festinha, mas tudo isso cai por terra, quando eles encontram o corpo da moça na banheira.

O filme já tinha estabelecido que a garota de programa era só um corpo para eles, mesmo antes dela de fato se tornar apenas um corpo, através do tipo de conversa e da maneira que eles falam sobre as mulheres de uma maneira geral, mas o corpo palpável da moça é um problema gigantesco para a carreira e para a vida desses homens. Ariel está concorrendo a governador e um escândalo desse poderia destruir não só sua candidatura, mas também toda a sua história na política. Os três homens, então, começam a pensar como podem resolver esse problema, que fica cada vez mais confuso e absurdo.

O começo de Ménage é de fato muito interessante, o telespectador não sabe exatamente quem são esses homens ou o que vai acontecer com eles, mas depois disso, ele muda um pouco. A partir daí, passamos a acompanhar a vida deles para além disso, e então, descobrimos quais suas profissões e o que a morte que eles testemunharam pode custar. O filme também passa a voltar no tempo, e com alguns flashbacks, nos mostram a relação desses homens com a garota de programa, ao mesmo tempo, que acompanhamos Ariel ficar cada vez mais paranoico.

O problema é que não fica exatamente claro que estamos acompanhando flashbacks e o filme vai ficando um pouco confuso. Ménage é um filme incompreensível? Não, mesmo porque a ideia parece ser mostrar toda a história como se fosse uma espécie de sonho, mas essa técnica, algumas vezes, confunde.

Nunca fica completamente claro quem era a moça que morreu, nós sabemos que ela era garota de programa e que tinha Roberto como cliente regular, mas nunca descobrimos sequer o nome dela. O filme tem uma série de cenas de sexo, e algumas delas fazem muito sentido, afinal, o grande plot twist de Ménage é a morte da garota de programa, depois de uma noite de sexo, mas outras parecem sem sentido no contexto do filme e o telespectador não entende se elas aconteceram ou se são só fantasias – e nesse caso, fantasias de qual personagem -, e elas acabam soando apelativas.

É interessante, no entanto, que o filme mergulhe em muitos assuntos, como a política, que é o que conecta esses homens, e também o que os corrompe. Ariel é um candidato conservador, supostamente preocupado com a família, mas sabemos que ele é corrupto, usa drogas, contrata prostitutas e está envolvido na morte de uma garota de programa. Ménage não é um suspense político, mas a política é uma questão importante aqui.

Ménage é um filme com uma produção pequena, mas que se sai bem nas suas questões técnicas, não existe nenhuma falha muito evidente no longa, e ele aproveita muito do que pode fazer. O filme também tem boas atuações, como as de Francisco Gaspar e Vinícius Ferreira.

Ménage é sem dúvida, um filme interessante, que começa muito bem, mas que perde um pouco nas suas sequências um pouco confusas. O filme chega aos cinemas no dia 17 de março.

Título no Brasil: Ménage

Título original: Ménage

Direção: Luan Cardoso

Gênero: Suspense, Fantasia

Ano: 2020

Duração: 1h 26min

Elenco: Vinícius Ferreira, Francisco Gaspar, Lino Camilo, Elisa Telles, Ana Souto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s