livros

Enterre seus Mortos, Ana Paula Maia

“Todo nascimento é também um pouco de morte”.

Edgar Wilson trabalha recolhendo os animais mortos da estrada e vive uma vida tediosa e prática, até o dia em que encontra uma mulher enforcada em uma árvore.

Embora esse não seja o seu trabalho, Edgar recolhe o corpo da mulher e junto com seu parceiro, Tomás, um ex-padre excomungado, tenta contactar a polícia. A polícia, no entanto, não consegue retirar o cadáver, pois o rabecão está quebrado e Edgar toma o assunto para si próprio.

Enterre seus Mortos é um livro curto e direto. Aqui acompanhamos Edgar, que já tem um trabalho por si só macabro, ele recolhe as carcaças de animais na estrada e depois precisa colocá-las no processador. Seu colega de trabalho, Tomás, é um ex-padre, que costuma dar a extrema unção para as criaturas que ele encontra pelo caminho.

Mas claro que a história de Edgar vai ficar ainda mais terrível e isso acontece quando ele encontra o corpo de uma mulher, enforcada em uma árvore. Enterre seus Mortos se passa em um cenário com pouca infraestrutura e afastado de tudo, por isso, muitas vezes Edgar é chamado para acontecimentos que não envolvem a morte de animais.

Recolher cadáveres humanos não é o trabalho de Edgar, mas ele não consegue deixar a mulher para trás e a leva com ele, quando entra em contato com a polícia, fica sabendo que eles não podem ir buscar o corpo tão cedo, pois o rabecão do local está quebrado, ele também não consegue manter a mulher no lugar onde trabalha – um dos funcionários inclusive sugere que Edgar jogue o corpo dela no processador, mas ele se recusa – e por isso, parte com o corpo procurando descobrir quem era aquela mulher e o que aconteceu.

Enterre seus Mortos mistura suspense, noir e faroeste. O suspense está presente na trama e na pequena investigação que o protagonista faz para descobrir quem foi a mulher morta, essas questões, no entanto, não são tão importantes para a trama assim. Já o faroeste está presente na ideia do cavaleiro solitário, vagando por estradas desertas e por paisagens áridas, e o noir aparece na caracterização dos personagens que não são bonzinhos ou gentis, e sim, tem uma série de falhas de caráter e passados duvidosos.

O suspense de fato não é o ponto alto da história, Edgar está sim interessado em descobrir o que aconteceu, mas ele quer mais é se livrar do corpo de maneira digna, e acaba esbarrando em boa parte das coisas que descobre. Ana Paula Maia parece mais interessada em mostrar a dura realidade do dia a dia de Edgar, que envolve não só os animais mortos, como também todos os problemas que circundam aquela comunidade, a autora não poupa o leitor e a violência e crueldade ganha bastante descrição.

Outros aspectos da trama, por outro lado, como as características físicas dos personagens, ou mesmo a profundidade de suas personalidades, não ganha tanta descrição, Enterre seus Mortos tem uma escrita seca, mas que funciona muito bem, tanto para a história, quanto para o personagem, que é um homem solitário, que pouco se aproxima de seus colegas de trabalho e que não parece ter nenhuma vida social. Edgard é um homem tão distante, inclusive dos leitores, que o acompanham por várias páginas, que mesmo no meio do livro, em vários momentos o narrador se refere a ele como “Edgar Wilson” e não só como “Edgar”, não permitindo até que o público se aproxime dele.

A leitura é bem rápida, mesmo porque o livro é curto e não tem muitas descrições, mas também porque a trama é de fato interessante e bem diferente do que estamos acostumados a ler.

Enterre seus Mortos é um livro com uma temática inovadora, que assusta e repugna, mas nem por isso, é menos prazeroso.

Título no Brasil: Enterre seus Mortos

Título original: Enterre seus Mortos

Autora: Ana Paula Maia

Gênero: Contemporâneo, Terror

Ano de lançamento: 2018

Editora: Companhia das Letras

Número de Páginas: 136

Foto: Fernanda Cavalcanti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s