livros, Quadrinhos

Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft, Joe Hill e Gabriel Rodríguez

Depois da morte do marido, Nina e os filhos, Tyler, Kinsey e Bode se mudam para a Keyhouse, uma mansão na Nova Inglaterra, que pertence à família do falecido. Lá os filhos não só precisam se acostumar com a nova cidade e lidar com a morte do pai, como também vão enfrentar os perigos que existem na mansão.

Cheia de portas e chaves mágicas, a Keyhouse guarda um segredo que só os menores de dezoito anos podem compreender e o que está preso lá dentro vai fazer de tudo para sair, nem que seja através de Bode, o filho mais novo.

Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft é o primeiro volume da série de graphic novels escrita por Joe Hill e ilustrada por Gabriel Rodriguez. A trama narra a história da Keyhouse, uma mansão misteriosa e cheia de segredos, que pertence à família Locke. Nesse primeiro volume, acompanhamos Rendell e Nina Locke e seus três filhos, Tyler, Kinsey e Bode, e a morte de Rendell pelas mãos de Sam Lesser, um colega de escola de Tyler.

Depois da morte brutal de Rendell, a família se muda para a Keyhouse, localizada em uma pequena cidade chamada Lovecratf, sem nem imaginar que a mansão é extremamente perigosa. Tyler e Kinsey, que são adolescentes, estão lutando contra o luto, que corrói especialmente o filho mais velho, que acredita ser culpado pela morte do pai, e tentando se adaptar a nova cidade, já Bode, que é uma criança, não compreende totalmente a morte do pai e logo faz amizade com uma entidade que vive em um poço dentro da casa, a quem ele chama de Eco.

Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft é, em muitos sentidos, uma graphic novel de terror, a história gira em torno de temas sobrenaturais e violentos, mas não é uma obra especialmente assustadora. É claro que existe uma presença terrível dentro da casa, que ninguém sabe muito bem o que é, mas o livro circula mais no gênero da fantasia.

Também é interessante que Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft não se apoie totalmente nos seus elementos fantásticos ou nos sustos que ele pode dar, existe uma preocupação em apresentar personagens profundos. Nina, por exemplo, está tendo um problema com álcool, Tyler se sente culpado pela morte do pai e acha que precisa proteger o resto da família e Kinsey ainda tenta entender o que aconteceu no dia do assassinato de Rendell. Todas essas questões estão presentes em Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft, fazendo com que essa família seja mais do que personagens lidando com forças terríveis e sobrenaturais.

Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft tem um desenho escuro e um tanto quanto sinistro, que é, inclusive, mais pesado que a própria história da graphic novel, até os personagens são um tanto quanto brutalizados, mas a técnica combina com o que lemos e dá esse ar macabro ao trabalho.

A leitura é rápida, a trama é interessante e graphic novels geralmente, tem uma leitura muito mais fácil, já que tem menos texto, Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft prende seu leitor muito rapidamente, que quase não consegue largar o livro até descobrir para onde aquela trama vai.

Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft é apenas o primeiro volume da série e serve como uma espécie de apresentação a história, ainda assim, sua trama é bem pensada e repleta de momentos tenso e assustadores.

Título no Brasil: Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft

Título original: Locke & Key, Vol. 1: Welcome to Lovecraft

Autor: Joe Hill

Ilustrador: Gabriel Rodríguez

Gênero: Graphic Novel, Suspense, Terror

Ano de lançamento: 2008

Editora: Geektopia

Número de Páginas: 176

Foto: Fernanda Cavalcanti

Um comentário em “Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft, Joe Hill e Gabriel Rodríguez”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s