livros

Histórias de Sherlock Holmes, Arthur Conan Doyle

Histórias de Sherlock Holmes é o quinto e último volume do box que reúne os contos do famoso detetive, aqui estão presentes os contos publicados entre 1921 e 1927, que são O rosto lívido, A pedra Mazarin, As Três Empenas, O vampiro de Sussex, Os três Garrideb, A ponte Thor, O homem que andava de quatro, A juba de leão, A inquilina de rosto coberto, O velho solar de Shoscombe, Mr. Josias Amberley.

Histórias de Sherlock Holmes junta os últimos contos de Sherlock Holmes e como toda a coletânea de contos tem altos e baixos, embora, os contos de Holmes tenham estruturas bem parecidas e só a trama se modifique. Os contos de História de Sherlock Holmes, no entanto, têm alguns diferenciais, nem todos eles são narrados por Watson, um deles é narrado pelo próprio Holmes.

Alguns contos flertam com o sobrenatural, como O vampiro de Sussex, mas ainda assim, existe sempre uma explicação lógica e natural para os casos que são apresentados a Holmes, O homem que andava de quatro é um conto que fala sobre medicina, ciência e casos médicos não diagnosticados, o que é bem interessante. Também temos contos que falam sobre crimes variados, como assassinato, roubos e trapaças.

Os contos de Holmes tem uma lógica praticamente idêntica, geralmente, ele entra em contato com um caso, que parece impossível de ser resolvido, mas depois de uma investigação que só ele entende – e que só é explicada ao leitor no final -, o detetive resolve o caso de maneira perfeita, é óbvio que a criatividade de Conan Doyle é enorme, já que ele escreveu muitos casos de Holmes e que eles não só são bem bolados, como suas resoluções também são, muitas vezes, complexas e quase sempre impossíveis de prever, por outro lado, as histórias não são nem vagamente realistas, já que Holmes as desvenda observando as pessoas, suas roupas e suas maneiras, soa muito fantasioso.

Mas claro que esse é o mote e de certa maneira, o apelo de Sherlock Holmes, a graça é ler sobre uma pessoa que é tão inteligente e tão observadora que resolve casos só com uma olhada rápida nas informações que tem. A ideia não é ser realista mesmo, é mergulhar nessa história que se passa no mundo real, mas que tem elementos quase fantásticos.

Esse é o quinto volume da série e com o tempo, a leitura pode se tornar cansativa, já que a estrutura é sempre a mesma, mas o livro vai agradar os fãs de Sherlock Holmes, que gostam justamente disso.

Alguns contos são melhores e outros menos interessantes, e isso depende também de quem está lendo e do gosto particular de cada pessoa.

A leitura não é tão rápida, e mais uma vez, depende do conto que está sendo lido, já que alguns podem empolgar mais que os outros. O livro também é grande, mas não é chato. Essa edição da Zahar tem ainda as ilustrações originais com legendas e alguns textos complementares, que falam não só sobre Sherlock Holmes, sua criação e sobre o autor, como também sobre alguns dos casos que estão sendo apresentados, a edição é muito completa e ótima para os fãs.

Histórias de Sherlock Holmes une os últimos contos do detetive e como os volumes anteriores, segue à risca a lógica e a estrutura dos contos de Conan Doyle, se tornando uma leitura para os fãs e para qualquer pessoa que quer mergulhar nas tramas de Holmes.

Título no Brasil: Histórias de Sherlock Holmes

Título original: The Case-Book of Sherlock Holmes

Autor: Arthur Conan Doyle

Gênero: Clássico, Suspense, Contos

Ano de lançamento: 1927

Editora: Zahar

Número de Páginas: 440

Foto: Fernanda Cavalcanti

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s