livros

The Strange Journey of Alice Pendelbury, Marc Levy

“But knowledge has it consequences”

“Mas o conhecimento tem consequências” – Traduzido livremente por Fernanda Cavalcanti

Alice Pendelbury é uma mulher comum, que acredita que sua vida não tem nada de extraordinário, até que ela faz uma consulta como uma vidente, que lhe diz que ela deve ir para Turquia, onde encontrará seis pessoas que vão mudar a vida dela. A princípio, Alice acha tudo uma loucura, mas quando seu vizinho, Mr. Daldry, de quem ela nunca foi intima, mas que virou amigo dela repentinamente, diz não só que vai viajar com ela, como também vai pagar a viagem dos dois, e Alice topa.

Os dois então, embarcam em uma jornada para entender a mensagem da vidente.

The Strange Journey of Alice Pendelbury começa como uma espécie de comédia romântica, o livro se passa no final dos anos 50, e acompanha Alice Pendelbury, uma mulher comum, cheia de amigos, que não vê nada de extraordinário na vida dela. Quando ela e os amigos vão a um parque de diversão, Alice, por acaso, vai a uma vidente, que lhe fala para ir a Turquia.

Alice não é uma pessoa supersticiosa e a princípio, não acredita no que a vidente falou, mas depois de um tempo ela começa a levar mais a sério.

A primeira parte do livro se dedica basicamente a explicar o dia a dia de Alice, as relações que se dão entre ela e seu grupo de amigos e uma suposta paixão de um amigo por ela, a qual ela não corresponde. O livro também fala um pouco sobre Mr. Daldry, o vizinho de Alice, com quem ela tem pouca convivência.

Quando Mr. Daldry se aproxima de Alice, a obra muda um pouco, primeiro porque acompanhamos os dois se tornando amigos, segundo porque é ele que propõe que ela leve a sério o que a vidente falou e de fato faça a viagem. Mr. Daldry também topa pagar e acompanhar Alice na sua jornada.

Já a segunda parte é dedicada a viagem de Alice e passa um tempo narrando o que a protagonista faz na Turquia, e um tempo descrevendo essa busca de Alice pelas seis pessoas que a vidente cita e também pelo seu passado, que se relaciona com a Turquia.

A ideia de The Strange Journey of Alice Pendelbury é bem interessante, o livro parece até ser um romance, mas ele surpreende justamente porque não é, e porque as questões românticas da vida de Alice são minoritárias na trama, que se dedica muito mais a busca da personagem.

No entanto, ao mesmo tempo, o livro é um pouco tedioso, ele é aquele tipo de livro onde a personagem principal faz uma viagem para encontrar alguma coisa e no caso de Alice é seu passado, a obra faz um grande passeio pela Turquia e o leitor quase faz turismo junto com os personagens, mas tudo é muito lento.

Outra coisa que não faz muito sentido em The Strange Journey of Alice Pendelbury é a relação dos personagens, a começar do relacionamento entre Alice e Mr. Daldry, que começa do nada e de maneira muito intensa, soa até irreal. Em compensação, os amigos mais antigos de Alice desaparecem da trama do nada.

A leitura de The Strange Journey of Alice Pendelbury é um pouco lenta, porque pouca coisa acontece na segunda parte, ainda que ele comece de maneira relativamente instigante e o leitor queira descobrir se o que a vidente falou é realmente verdade.

The Strange Journey of Alice Pendelbury começa bem, mas não tem muita trama para desenvolver, o que o torna um pouco monótono.

Título original: The Strange Journey of Alice Pendelbury

Autor: Marc Levy

Gênero: Ficção Histórica, Romance

Ano de lançamento: 2011

Editora: Amazon Crossing

Número de Páginas: 282

Foto: Fernanda Cavalcanti

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s